Valagro discute soluções inovadoras para o futuro

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Inovação

Valagro discute soluções inovadoras para o futuro

Equipe da Valagro se reuniu para discutir as soluções inovadoras para o futuro da Agricultura - "Valagro For Future Farming"
Por: -Seane Lennon

Nesta quinta-feira (05.07), em Campinas/São Paulo, a equipe da Valagro se reuniu para discutir as soluções inovadoras para o futuro da Agricultura - "Valagro For Future Farming" . O projeto surgiu com a necessidade de ilustrar o compromisso de construir a agricultura de amanhã por meio do fornecimento de soluções e tecnologias cada vez mais inovadoras e eficazes.

De acordo com Victor Sonzogno, Diretor Geral Brasil e Cone Sul da Valagro do Brasil, a estratégia da empresa é passar a ser líder em nutrição especial para agricultura e biológicos, integrando e fornecendo produtos avançados, agregando valor a partir de serviços tecnológicos a produtores do mundo.

O evento abordará as necessidades dos agricultores brasileiros em obter maior produtividade e sustentabilidade, otimizando o uso de insumos agrícolas. Esse é um desafio real que a agricultura brasileira precisa enfrentar, principalmente em grandes culturas, baseado em sistemas de cultivo intensivos que visam obter rendimentos cada vez maiores para atender à crescente demanda por alimentos.

O evento é um momento para compartilhar conhecimento com  clientes, , pesquisadores, técnicos e grandes produtores rurais do Brasil. A exclusiva plataforma de tecnologia GeaPower está por trás de todas as soluções da Valagro para a nutrição sustentável das culturas e atualmente representa um padrão global no desenvolvimento de bioestimulantes* e outros nutrientes especializados.

Entre os palestrantes do evento, está o Prof. Dr. Paulo Sentelhas da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz - Universidade de São Paulo, que discutiu estratégias para minimizar o efeito do estresse abiótico na soja, uma das principais causas de impacto sobre a produtividade , e o Prof. Dr. Alessandro Guerra, da Universidade de Rio Verde (Goiás), que se concentrará na gestão técnica de bioestimulantes para grandes culturas.  


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink