Vale do Guaporé ganha o mais moderno frigorífico de suínos

Agronegócio

Vale do Guaporé ganha o mais moderno frigorífico de suínos

A previsão é de geração de 30 empregos diretos
Por:
1341 acessos

Usando o que existe de mais moderno em termos de tecnologia, com investimentos próprios na casa de R$ 1 milhão, construído em uma área de 1,2 mil metros quadrados, os empresários e produtores rurais Marcelo Lucas da Silva e Rudi De Ros, projetam inaugurar no dia 10 de janeiro de 2017, a planta do Frigo Vale que abaterá 250 suínos terminados por mês. Cada animal produzirá em média 80 quilos de carne no município de São Miguel do Guaporé, conforme explica Rudi De Ros, que dirige o empreendimento.

A granja conta com o sistema de ar climatizado abrigará 600 animais importadas das raças Duroc, Landrace e Peitram que por meio de inseminação artificial produzirá uma média de 2,3mil leitões. Também será usado o que existe de mais moderno para inseminação, bem como em 100% na qualidade da carne, da banha e dos embutidos produzidos para atender à região central do Estado com o objetivo de chegar até Porto Velho.

Preservação ambiental será totalmente cumprida

Rudi De Ros, que recebeu nesta semana o visita do secretário de Agricultura Evandro Padovani, esclarece que 100% da ração consumida pelos suínos, soja, milho e sorgo virá das propriedades rurais dos sócios no frigorífico, garantindo a sanidade e o cuidado que exige passando pelo processo de abate até chegar à mesa do consumidor.

Para evitar danos ao meio ambiente, os dejetos serão usados em biodigestor na geração de energia elétrica e adubação da terra fertilizando as lavouras de arroz, sem nenhum prejuízo ao meio ambiente. A previsão é de geração de 30 empregos diretos.

O Frigo Vale já possui o Certificado de Inspeção Municipal (SIM), porém o secretário de Agricultura Evandro Padovani, busca a curto prazo até que seja liberada licença pelo Ministério da Agricultura a licença definitiva para que os produtos industrializados ali sejam comercializados até fora do Estado, um ‘Termo de Cooperação Técnica’, com Agência Idaron, proporcionando condições para que os produtos de São Miguel do Guaporé possam ser comercializados em outros municípios.

Tudo é uma questão burocrática, que vem sendo tratada no âmbito das instituições responsáveis pela fiscalização e zelo com a produção de alimentos. O secretário Padovani, vê na implantação do Frigo-Vale a oportunidade de geração de empregos e renda em outros municípios.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink