Variação cambial eleva preço do trigo e deve ter reflexos no valor do pão
CI
Agronegócio

Variação cambial eleva preço do trigo e deve ter reflexos no valor do pão

Alexandre Pereira Silva diz que por enquanto panificadoras não devem repassar aumento para consumidor
Por:

A crise do sistema financeiro internacional já atingiu o preço do trigo importado, mas conforme Alexandre Pereira da Silva, presidente da Associação Brasileira da Indústra de Panificação e Confeitaria (Abip), as panificadoras devem manter o preço do pão estável pelo menos até o fim deste mês. De acordo com Silva, se o dólar se estabilizar em cerca de R$ 2 será possível segurar o valor dos produtos à base de farinha.

O presidente da instituição destaca que o preço da farinha já subiu cerca de 5%, e os moinhos já repassaram a alta para o produto.

– Normalmente, o custo da farinha de trigo, quando varia entre 40 a 50% do total, reflete entre 4% e 5 % no preço final do pãozinho – explica.

Silva tem orientado panificadores a segurar os preços ao consumidor.

– Acredito que vamos conseguir segurar o preço dos nossos produtos. O valor cambial do dólar ficará em torno de R$ 2. Ficando nesse patamar, temos como segurar os preços.

Conforme o dirigente, não há reflexos visíveis da crise no setor.

– Continua tudo normal e a pleno vapor. Não temos porque parar ou mudar de atitude. Vamos continuar correndo atrás dos projetos e programas para melhorar a qualidade dos nossos produtos e aumentar o consumo do pão no país.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.