Veja a evolução do plantio e colheita das principais lavouras do Brasil
CI
Imagem: Nadia Borges
DESTAQUES DA SEMANA

Veja a evolução do plantio e colheita das principais lavouras do Brasil

Confira os destaques da semana nas lavouras que seguem em pleno desenvolvimento no país
Por: -Aline Merladete

Veja abaixo a situação das lavouras

Trigo -  88,1% semeado. No RS, a baixa precipitação e a melhora das condições do solo proporcionaram condições favoráveis à semeadura, que estão em fase inicial na região da Serra e mais adiantadas no Noroeste. As lavouras estão, majoritariamente, em fase de desenvolvimento vegetativo. No PR, a semeadura está quase completa. Nas regiões Norte e Oeste do estado, as lavouras estão em estágios mais avançados, inclusive em floração no Extremo-Norte. As condições das lavouras estão boas. Em SC, as condições climáticas proporcionaram o avanço na semeadura. Em MG, lavouras se desenvolvem normalmente e as mais adiantadas estão em fase de maturação. Áreas pontuais no Sul sofrem com o ataque da lagarta do cartucho. Em GO, a colheita avança nas lavouras de sequeiro,com produtividade variável devido ao estresse hídrico. Em MS, noites longas e frias têm preservado a umidade no solo, permitindo que as lavouras evoluam seu ciclo adequadamente. A baixa umidade relativa do ar tem colaborado para a manutenção da sanidade das plantas

Milho 2ª Safra - 39,8% colhido. Em MT, houve evolução expressiva na colheita durante a semana, resultando numa das safras mais adiantadas da série histórica. A ausência de chuvas aliadas à maior capacidade de colheita foram fatores determinantes para o avanço. As produtividades se mantêm dentro do estimado. No PR a colheita segue lentamente, devido às chuvas e ao atraso fenológico. Em MS, os produtores aguardam melhores condições de umidade dos grãos para intensificarem a colheita. Em GO, a colheita alcança 24% da área, com melhoria da qualidade e do peso dos grãos. Em SP, a colheita segue lenta devido à alta umidade dos grãos. No Noroeste de MG e no TO, a colheita iniciou nas áreas que tiveram melhores condições de desenvolvimento e apresentam bom rendimento. No Sul do MA, a colheita evolui com boas produtividades e deverá se estender até agosto. No PI, a maioria das lavouras encontram-se em maturação. As áreas colhidas apresentam boas produtividades

Feijão 2ª Safra -  No PR, a colheita encontra-se em fase final, chegando a 98% da área total. Mesmo com as intempéries climáticas registradas ao longo do ciclo, o rendimento médio alcançado é superior ao do ano passado, que foi bastante afetado pelas condições de estresse hídrico e incidência de geadas. Em MG, colheita segue progredindo no Sul do estado, chegando, até o final da última semana, cerca de 80% da área total. As lavouras nas demais regiões produtoras (Noroeste, Triângulo e Alto Paranaíba) tiveram seus ciclos finalizados. A escassez hídrica em parte do período fenológico refletiu em redução de potencial produtivo, mas as chuvas registradas no Centro-Oeste e no Sul foram benéficas às lavouras mais tardias. Na BA, 18% da área total foi colhida, exclusivamente do feijão-caupi. A produtividade média tem sido impactada pela escassez de chuvas registrada nos últimos meses. Para o feijão cores, que é manejado sob irrigação, as lavouras seguem em desenvolvimento vegetativo, floração e formação de vagens, dispondo de boas condições.

Algodão -  16,3% colhido. Em MT, a colheita avança em ritmo intenso. O clima seco favoreceu a maturação final, o que proporcionou aumento das áreas no ponto de colheita. Na BA, as lavouras de sequeiro estão, principalmente, em fase de maturação, e a colheita segue evoluindo. As lavouras irrigadas encontram-se em fase de formação de maçãs e maturação. Em MS, o clima está favorável para os cultivos que estão em maturação e colheita. No MA, segue a colheita das lavouras de primeira safra. As áreas de segunda safra iniciaram a colheita. Em SP, na região Sudoeste a colheita está finalizada e o beneficiamento está em etapa final. No Oeste e Noroeste do estado a maioria das lavouras está colhida. No PI, as condições climáticas estão favoráveis para a continuidade da colheita. Em GO, a colheita avança nas principais regiões produtoras, principalmente no Extremo-Sul do estado. Na região Leste, as área estão em pré-colheita, sendo realizada a dessecação.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.