Venda de máquinas agrícolas se recupera
CME MILHO (SET/20) US$ 3,102 (-25,25%)
| Dólar (compra) R$ 5,29 (0,17%)

Imagem: Pixabay

SETORES

Venda de máquinas agrícolas se recupera

O setor de máquinas e equipamentos agrícolas espera pelo anúncio do Plano Safra 20/21
Por: -Eliza Maliszewski
1072 acessos

O setor de máquinas agrícolas foi o único que cresceu na comparação com veículos e caminhões, no balanço mensal da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), divulgado em coletiva on-line na manhã desta sexta-feira (5). Destaque para a queda nas vendas de tratores até 80 cv, destacando as dificuldades de setores e produtores menores como flores e HF. 

Em maio foram comercializadas no mercado interno 3,9 mil unidades, alta de 23,3% em relação a maio do ano passado e 61% em relação a abril, quando foram vendidas 2,4 mil unidades. “Se compararmos com outros anos este é o maior acumulado desde 2017. As exportações do agronegócio seguem normalmente, com destaque para grãos e proteína animal. O agro não parou e os produtores vem contribuindo para alta em outros setores”, diz destacou o vice-presidente da entidade e responsável por máquinas, Alfredo Miguel Neto. 

As exportações de maio registraram alta de 56,9% (747 unidades) em relação ao mês anterior. Em relação a maio do ano passado houve queda de 39,4%. “Tivemos quedas para os Estados Unidos e Argentina, sofrendo impactos do Covid-19, com parada de algumas atividades”, comenta.

A produção está em queda de quase 30% em relação ao mesmo período de 2019, com 3,6 mil unidades produzidas em maio. Em abril foram apenas 1, 8 mil unidades. “Em abril tivemos 20 dias de indústrias fechadas e agora estamos retomando, aos poucos. Algumas empresas não trabalham com capacidade plena de funcionários devido as orientações de saúde da pandemia. Isso não reflete o pós-venda que segue normal”, explica Miguel. 

Veja os números no gráfico:

Plano Safra pode dar respiro

O setor de máquinas e equipamentos agrícolas espera pelo anúncio do Plano Safra 20/21, previsto para ser realizado pelo Ministério da Agricultura no próximo dia 15. A maior expectativa está no volume de recursos e condições de juros destinadas ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) e do Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota). 

“Tem que ver juros e orçamento. Não adianta condição boa se não tem verba. Do anúncio até o recurso estar operacional demora um pouco. Então aguardamos para ver as condições e, assim, poder projetar os próximos meses”, ressalta o dirigente.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Contato com o Agrolink