Vinho colonial foi tema de curso em Vanini

Curso

Vinho colonial foi tema de curso em Vanini

Com foco na legalização para a comercialização do vinho colonial, foi realizado um curso na última quinta-feira (19/04), no município de Vanini
Por:
349 acessos

Com foco na legalização para a comercialização do vinho colonial, foi realizado um curso na última quinta-feira (19/04), no município de Vanini. A promoção foi da Emater/RS-Ascar e da Prefeitura. A atividade, realizada na Capela São João Batista, contou com a participação de 15 pessoas e abordou a formalização da produção, que permite aos agricultores familiares, que produzem vinho para o consumo, a comercialização do excedente para cooperativas e para o consumidor final. Participaram produtores dos municípios de Vanini e São Domingos do Sul.

O curso foi ministrado pelo engenheiro agrônomo e assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar, Vilmar Wruch Leitzke. Que esclareceu dúvidas dos participantes. "A comercialização se apresenta como uma forma de o produtor agregar renda ao produto. Com a legalização o viticultor pode agregar renda com a vinificação. A grande maioria dos produtores já mantem as tradições culturais de seus antepassados, elaborando o seu próprio vinho para o consumo da família, isso, aliado ao conhecimento, costumes e possibilidade de formalização, pode se tornar fonte de renda às famílias agregando valor à produção de uvas, através da vinificação e posterior comercialização a cooperativas e ao consumidor final", explicou o engenheiro agrônomo.

A Lei do Vinho Colonial, de 19 março de 2014, aliada ao Programa Estadual de Agroindústria Familiar do Estado e ao guia elaborado pelo grupo de trabalho sobre o vinho colonial, possibilita a formalização de agricultores familiares do Rio Grande do Sul. No município de Vanini, são 11 famílias que trabalham com viticultura, com uma área de 20 hectares, gerando uma produção anual de 300 toneladas de uva. A cultura em média gera uma renda que compõe mais de 50% da renda da renda familiar. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink