Volume de chuvas chegará a 150 mm nos próximos dias
CI
Imagem: Pixabay
PROJEÇÃO

Volume de chuvas chegará a 150 mm nos próximos dias

Na manhã desta terça-feira (24/08) a atuação da frente fria está provocando instabilidades significativas sobre o Rio Grande do Sul.
Por: -Aline Merladete

Na manhã desta terça-feira (24/08) a atuação da frente fria está provocando instabilidades significativas sobre o Rio Grande do Sul. Essas instabilidades são acompanhadas de muita atividade elétrica e chuvas volumosas, como podemos ver nesta imagem de satélite com o destaque na atividade de raios. 

E a previsão aponta para que as chuvas continuem intensas sobre o estado, com a possibilidade da ocorrência de granizo em alguns pontos e acumulados superiores aos 50mm, ainda nesta terça. Outro sistema que começa a atuar sobre o RS, é a massa de ar polar, ao sul do estado. No registro das 9h, no horário de Brasília, algumas estações ao sul gaúcho registraram temperaturas inferiores aos 10°C como em Pinheiro Machado e Herval. 

Para os próximos dias, esta frente fria continuará atuando com força sobre o sul do país. Alguns fatores contribuem para esta intensidade, como os ventos de altitude mais intensos, o forte suporte do ar quente e úmido da região amazônica trazido pelos Jatos de Baixos Níveis, e a grande diferença de temperatura entre o norte e sul do continente. Assim as projeções apontam para acumulados na ordem dos 150 mm nos próximos 5 dias, sendo a quarta-feira (25/08) o dia onde as chuvas serão mais intensas.


Apesar das pequenas diferenças entre as projeções, ambas apontam para a manutenção das chuvas sobre o centro sul do país. A tendência aponta que os acumulados mais significativos ficarão sobre o RS com marcas na ordem dos 150 mm. As chuvas chegam ao estado de SP, ficando concentradas na metade sul do estado e provocando acumulados superiores aos 50 mm, bem como na metade sul do MS. O leste de SC, terá chuvas, mas de forma irregular, resultando em baixos acumulados no período. 

Outro destaque que podemos mencionar sobre as chuvas, é a melhor distribuição sobre a região norte, no entanto ainda com baixos volumes. 

Podemos mencionar também que a atuação da massa de ar polar poderá provocar episódios de geadas ao sul do RS e nos pontos mais altos de SC entre a sexta (27) e sábado (28), mas a massa de ar polar ficará restrita à região centro sul do país e terá curta duração. 

NOVIDADE: Confira a nossa plataforma completa de mapas em: https://www.agrolink.com.br/agrotempo/mapa

Saiba como fica o tempo em cada região: 

Região Norte
Os ventos mais intensos sobre a região, alteram o padrão das chuvas, mantendo elas mais esparsas entre si e deslocadas mais ao norte da região. Deste modo, são esperadas pancadas rápidas e passageiras sobre o norte do AM, RR, AP e norte do Pa. Nas demais áreas, o tempo seco e as altas temperaturas vão predominar, com termômetros registrando marcas superiores aos 40°C, em uma grande área abrangendo o AC, RO, sul do AM, sul do PA e alguns pontos do TO. Além dos índices de umidade relativa do ar ficarem abaixo dos 20% nessas áreas.

Região Nordeste
A tendência indica que as chuvas poderão ganhar intensidade em algumas localidades, mas ainda concentradas na faixa litorânea da região. Os volumes poderão ser maiores do que os registrados ontem sobre o recôncavo baiano e as instabilidade ganham força sobre o norte do MA, podendo ocasionar pancadas localmente fortes. Porém em todas as localidades com previsão de chuvas, os acumulados serão baixos. Já no interior nordestino, o padrão do tempo continua seco, quente e sem perspectiva de chuvas. 

Região Centro-Oeste
O predomínio será de tempo seco em todos os três estados e também sobre o DF. O destaque continua para a atuação da forte massa de ar quente, que manterá os termômetros acima dos 40°C na região do Pantanal e norte do MT. Os índices de umidade relativa do ar, ficam em níveis críticos - próximos dos 10% - também sobre a região do Pantanal. Essas condições intensificam o potencial para ocorrência de incêndios, além do que não há perspectivas de chuvas no decorrer de hoje. 

Região Sudeste
Tempo firme e quente em praticamente todas as áreas do sudeste, apenas no ES com a maior influência da umidade marítima, o dia terá uma maior cobertura de nuvens, mas sem chances para chuvas. Já no oeste paulista e triângulo mineiro, o tempo continua com temperaturas elevadas, baixos índices de umidade relativa do ar, somando condições para a ocorrência de incêndios. 

Região Sul
A frente fria ganhará força nesta quarta-feira, com condições para ocorrência de temporais, chuvas intensas em um curto período de tempo, queda de granizo de forma isolada, vendavais e muita atividade de raios. As chuvas mais volumosas ficarão concentradas sobre a faixa central do RS e os acumulados poderão ultrapassar os 80 mm ao final do dia. Entretanto, as chuvas ficarão concentradas na metade sul da região, podendo provocar algumas pancadas passageiras sobre o oeste de SC e sudoeste do PR, mas com acumulados baixos. Ao norte do PR, norte e leste de SC o tempo continua seco.

Chuvas

Temperatura máxima

Temperatura mínima

*material exclusivo e elaborado pela equipe AGROTEMPO.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.