Clorose Variegada dos Citros (Xylella fastidiosa)
CI

Clorose Variegada dos Citros

Praga do amarelinho, CVC (Xylella fastidiosa)

Culturas Afetadas: Citros

A clorose variegada dos citros (CVC), também conhecida como amarelinho, é um dos principais problemas para a citricultura pelo fato de as plantas atacadas produzirem frutos de tamanho reduzido, duros, impróprios para a comercialização "in natura" e para a produção de suco concentrado. Essa bactéria está amplamente disseminada pelas regiões produtoras, principalmente no estado de São Paulo.

Danos: As folhas maduras apresentam clorose variegada que se inicia como pequenos pontos amarelos na face superior, evoluindo para uma clorose semelhante a clorose por deficiência de zinco. Na face inferior das folhas desenvolvem-se, nos locais correspondentes, pequenas bolhosidades de cor de palha, que se rompem formando lesões necróticas. Os frutos apresentam tamanho reduzido, consistência dura, amarelecem precocemente e persistem no pé.

Controle: Podas criteriosas de ramos atacados, antes de as plantas apresentarem frutos miúdos, apresentam bons resultados e diminuem também os focos de infecção. Para o plantio deve-se utilizar mudas sadias e de boa procedência.

Os pomares devem ser tratados contra pragas e doenças e adubado corretamente, as ruas devem estar sempre limpas e o mato baixo nas entrelinhas. Barreiras quebra-vento devem ser instaladas ao redor do pomar com a utilização de espécies adequadas.

Nos viveiros deve-se realizar aplicação de inseticida no períodos em que as plantas estiverem vegetando.

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.