Lagarta das palmeiras (Brassolis astyra astyra)
CI

Lagarta das palmeiras

(Brassolis astyra astyra)

Culturas Afetadas: Alfafa, Algodão, Amendoim, Arroz, Batata, Brócolis, Cana-de-açúcar, Coco, Couve, Couve-flor, Fumo, Mandioca, Maracujá, Milho, Pastagens, Repolho, Seringueira (Floresta implantada), Soja, Trigo

A borboleta mede de 90 a 100 mm de envergadura, sendo de coloração pardo escura. As lagartas atingem 85 mm de comprimento e apresentam coloração marrom avermelhada com listras longitudinais.

Danos: As lagartas alimentam-se dos folíolos podendo destruir completamente a copa das plantas, deixando apenas a ráquis das folhas, retardando o crescimento e reduzindo a produção.

Controle: As lagartas são parasitadas por grande número de inimigos naturais. O controle pode ser realizado com pulverizações de Bacillus thuringiensis,  com produtos registrados para a cultura.

Fotos



Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.