Oídio (Oidiopsis sicula)
CI

Oídio

(Oidiopsis sicula)

Culturas Afetadas: Berinjela, Jiló, Pimenta, Pimentão

Telomorfo: Leveillula taurica

Sinônimo: Oidiopsis haplophylli, Oidiopsis taurica

O primeiro registro formal da doença no Brasil foi feito inicialmente em tomateiro, no Estado de São Paulo. Hoje o fungo está disseminado em todas as regiões produtoras de hortaliças do Brasil.

Danos: A infecção produz uma variedade de reações de seus hospedeiros e, portanto, diferentes tipos de sintomas. Normalmente, os sintomas do oídio iniciam-se por manchas amareladas na face superior da folha na maioria das hospedeiras, correspondendo a um crescimento branco pulverulento do fungo na face inferior da lâmina foliar.

Controle: A resistência genética parece ser a medida de controle mais adequada para controle da doença. Recomenda-se o uso de produtos registrados para as culturas.

Fotos

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.