Broca do colmo ou Broca da cana (Diatraea saccharalis)

Broca do colmo

Broca da cana (Diatraea saccharalis)

Culturas Afetadas: Arroz, Aveia, Cana-de-açúcar, Cana-de-açúcar (logo após plantio), Cana-de-açúcar (Soca), Cevada, Milheto, Milho, Sorgo, Todas as culturas com ocorrência do alvo biológico, Trigo

É uma importante praga para as gramíneas de um modo geral, mas é considerada uma das principais pragas da cana de açúcar. Tem importância econômica nas culturas de arroz, cana de açúcar, milho, pastagens, sorgo e trigo.

Danos: Devido às galerias formadas pelas lagartas, pode haver falhas na germinação e perda de peso. Quando essas galerias são circulares, pode acarretar em tombamento da cultura. A seca dos ponteiros, conhecida também como "coração morto", pode ocorrer na lavoura, principalmente nas plantas mais novas. As galerias abertas pelas lagartas também servem de entrada para inúmeros fungos que causam podridão, diminuindo a pureza e o rendimento do açúcar.

Controle: A utilização de inseticidas granulados mostra-se eficiente no combate a essa praga, de maneira que não prejudica os inimigos naturais. Armadilhas luminosas podem ser usadas, pois apresentam eficiência de até 87% para muitos casos.

Para os cereais, o tratamento de sementes com inseticidas sistêmicos ou pulverização dirigida para a base da planta utilizando inseticidas de efeito de profundidade e/ou de ação translaminar possibilita um bom controle da praga.

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente
Mostrando 1 até 12 de 63