Bula Alaclor Nortox

acessos
Alachlor
1038601
Nortox

Composição

Alacloro 480 g/L Cloroacetanilida

Classificação

Herbicida
II - Altamente tóxico
II - Produto muito perigoso
Inflamável
Corrosivo
Concentrado Emulsionável (EC)
Seletivo, Não sistêmico
Algodão Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Beldroega
(Portulaca oleracea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Beldroega
(Portulaca oleracea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa colona)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa colona)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria sanguinalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria sanguinalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colonião
(Panicum maximum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colonião
(Panicum maximum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim rabo de raposa
(Setaria geniculata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim rabo de raposa
(Setaria geniculata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru comum
(Amaranthus viridis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru comum
(Amaranthus viridis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru roxo
(Amaranthus hybridus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru roxo
(Amaranthus hybridus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Malva branca
(Sida cordifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Malva branca
(Sida cordifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Maria preta
(Solanum americanum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Maria preta
(Solanum americanum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão branco
(Galinsoga parviflora)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão branco
(Galinsoga parviflora)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão preto
(Bidens pilosa)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão preto
(Bidens pilosa)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Amendoim Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Beldroega
(Portulaca oleracea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Beldroega
(Portulaca oleracea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa colona)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa colona)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria sanguinalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria sanguinalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colonião
(Panicum maximum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colonião
(Panicum maximum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim rabo de raposa
(Setaria geniculata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim rabo de raposa
(Setaria geniculata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru comum
(Amaranthus viridis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru comum
(Amaranthus viridis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru roxo
(Amaranthus hybridus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru roxo
(Amaranthus hybridus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Malva branca
(Sida cordifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Malva branca
(Sida cordifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Maria preta
(Solanum americanum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Maria preta
(Solanum americanum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão branco
(Galinsoga parviflora)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão branco
(Galinsoga parviflora)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão preto
(Bidens pilosa)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão preto
(Bidens pilosa)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Café Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Beldroega
(Portulaca oleracea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa colona)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria sanguinalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colonião
(Panicum maximum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim rabo de raposa
(Setaria geniculata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru comum
(Amaranthus viridis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru roxo
(Amaranthus hybridus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Malva branca
(Sida cordifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Maria preta
(Solanum americanum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão branco
(Galinsoga parviflora)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão preto
(Bidens pilosa)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - 7 dias. 53 dias. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Cana-de-açúcar Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Beldroega
(Portulaca oleracea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Beldroega
(Portulaca oleracea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa colona)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa colona)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria sanguinalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria sanguinalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colonião
(Panicum maximum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colonião
(Panicum maximum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim rabo de raposa
(Setaria geniculata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim rabo de raposa
(Setaria geniculata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru comum
(Amaranthus viridis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru comum
(Amaranthus viridis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru roxo
(Amaranthus hybridus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru roxo
(Amaranthus hybridus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Malva branca
(Sida cordifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Malva branca
(Sida cordifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Maria preta
(Solanum americanum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Maria preta
(Solanum americanum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão branco
(Galinsoga parviflora)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão branco
(Galinsoga parviflora)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão preto
(Bidens pilosa)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão preto
(Bidens pilosa)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Milho Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Beldroega
(Portulaca oleracea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Beldroega
(Portulaca oleracea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa colona)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa colona)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria sanguinalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria sanguinalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colonião
(Panicum maximum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colonião
(Panicum maximum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim rabo de raposa
(Setaria geniculata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim rabo de raposa
(Setaria geniculata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru comum
(Amaranthus viridis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru comum
(Amaranthus viridis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru roxo
(Amaranthus hybridus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru roxo
(Amaranthus hybridus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Malva branca
(Sida cordifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Malva branca
(Sida cordifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Maria preta
(Solanum americanum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Maria preta
(Solanum americanum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão branco
(Galinsoga parviflora)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão branco
(Galinsoga parviflora)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão preto
(Bidens pilosa)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão preto
(Bidens pilosa)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Soja Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Beldroega
(Portulaca oleracea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Beldroega
(Portulaca oleracea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa colona)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa colona)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria sanguinalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colchão
(Digitaria sanguinalis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colonião
(Panicum maximum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim colonião
(Panicum maximum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim custódio
(Pennisetum setosum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim rabo de raposa
(Setaria geniculata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Capim rabo de raposa
(Setaria geniculata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru comum
(Amaranthus viridis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru comum
(Amaranthus viridis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru roxo
(Amaranthus hybridus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Caruru roxo
(Amaranthus hybridus)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Malva branca
(Sida cordifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Malva branca
(Sida cordifolia)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Maria preta
(Solanum americanum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Maria preta
(Solanum americanum)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão branco
(Galinsoga parviflora)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão branco
(Galinsoga parviflora)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão preto
(Bidens pilosa)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Picão preto
(Bidens pilosa)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Poaia do campo
(Spermacoce alata)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
5 a 7 L p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - - Não determinado devido à modalidade de aplicação. Aplicar na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura

500 mL; 1 L; 5 L; 10L; 20 L; 25 L; 50 L; 100 L; 110 L; 125 L; 200 L; 500 L; 1.000 L ; 5.000 L; 10.000 L; 15.000 L; 20.000 L; 25.000 L; 30.000 L; 35.000 L; 40.000 L; 45.000 L; 50.000 L; 55.000 L; 60.000 L.

INSTRUÇÕES DE USO:

ALACLOR NORTOX é herbicida seletivo de ação pré-emergente apresentado como concentrado emulsionável. Sua aplicação na pré-emergência das ervas daninhas e da cultura econômica para qual é indicado, proporciona eficiente controle de plantas daninhas de folhas estreitas, bem como as de folhas largas.

CULTURAS:

ALACLOR NORTOX é indicado para as culturas de soja, milho, algodão, amendoim, café e cana-de-açúcar.

DOSE DE APLICAÇÃO:

ALACLOR NORTOX tem sua dosagem recomendada de acordo com o tipo de solo:

SOLO ALACLOR VOLUME DE APLICAÇÃO
NORTOX (água litros / ha)
Litros/ha g de i.a/ha
ARENOSO (Leve) 5,0 2400

ARENO-ARGILOSO (Médio) 6,0 2880 200 a 400

ARGILOSO (Pesado) 7,0 3360

Nota: Um litro do produto contém 480 gramas de Alaclor


MODO DE APLICAÇÃO:

ALACLOR NORTOX em culturas anuais é aplicado em pulverização, durante ou logo após a semeação e antes da emergência da cultura e das plantas daninhas. O terreno deve estar livre de torrões, restos de culturas, plantas daninhas já estabelecidas e conter bom teor de umidade para uma melhor ação do herbicida. Em cafezal aplica-se após a esparramação ou arruação.

ALACLOR NORTOX é um concentrado emulsionável. O preparo da calda herbicida é executado colocando-se água até um terço da capacidade do pulverizador e a dosagem de ALACLOR NORTOX recomendada, com posterior agitação. Finalmente completa-se com água o tanque do pulverizador mantendo sempre a agitação da calda.

Para se obter pulverizaçao uniforme do ALACLOR NORTOX sobre o solo, recomenda-se utilizar pulverizadores tratorizados de barra, equipamentos com bicos de jato em leque do tipo 80.03 ou 80.04, ou similar. Os bicos regulados para trabalhar à pressão média de 35 libras por polegada quadrado, proporcionam gotas de 400 a 450 micras de diâmetro, com densidade mínima de 20 gotas por centímetro quadrado. Os bicos devem também estar distanciados 50 cm entre si, e a altura de 50 - 60 cm em relação ao solo.

INTERVALO DE SEGURANÇA:

Soja, milho, algodão, amendoim, cana-de-açúcar - Intervalo de segurança não determinado devido a modalidade de emprego. Café – 53 dias.


LIMITAÇÕES DE USO:

· Não há evidência de fitotoxicidade para as culturas indicadas quando usadas as dosagens recomendadas, em condições normais;
· Há restrições quanto a aplicação do herbicida ALACLOR NORTOX quando se tratar da cultura do algodão:
- em solo arenoso;
- no caso de replantio.

PRECAUÇÕES GERAIS: Não coma, não beba e não fume durante o manuseio; Não utilize equipamento com vazamento; Não desentupa bicos, orifícios e válvulas com a boca; Não distribua o produto com as mãos desprotegidas;

PRECAUÇÕES NO MANUSEIO: Use protetor ocular: o produto é irritante para os olhos; se houver contato do produto com os olhos, lave-os imediatamente e VEJA PRIMEIROS SOCORROS; Use mascara cobrindo o nariz e a boca: caso o produto seja inalado ou aspirado, procure local arejado e VEJA PRIMEIROS SOCORROS; Use luvas de borracha: ao contato do produto com a pele, lave-a imediatamente e VEJA PRIMEIROS SOCORROS; Ao abrir a embalagem, faça-o de modo a evitar respingos: use macacão com mangas compridas, chapéu de abas largas, óculos, botas, avental impermeável e mascara apropriada.

PRECAUÇÕES DURANTE A APLICAÇÃO: Evite o máximo possível, o contato com a área de aplicação; O produto produz neblina, use máscara cobrindo o nariz e a boca; Não aplique o produto contra o vento; Use macacão com mangas compridas, chapéu de abas largas, óculos, luvas, botas e avental impermeável.

PRECAUÇÕES APÓS A APLICAÇÃO: Não reutilize a embalagem vazia; Mantenha o restante do produto em sua embalagem original adequadamente fechada, em local trancado longe do alcance de crianças e animais; Tome banho, troque e lave as suas roupas.

PRIMEIROS SOCORROS: No caso de ingestão, não provoque vômito, procure o médico levando a embalagem, rótulo, bula ou receita agronômica do produto; No caso de contato com os olhos, lave-os com água em abundância e procure o médico levando a embalagem, rótulo, bula ou receita agronômica do produto; No caso de contato com a pele, lave-a com água e sabão em abundância e se houver irritação procure o médico levando a embalagem, rótulo, bula ou receita agronômica do produto; No caso de inalação do produto procure local arejado.

ANTÍDOTO E TRATAMENTO MÉDICO: O produto não possui antídoto específico. Quando necessário chamar o médico do Centro de Controle de Intoxicação para a administração da terapêutica sintomatológica que for prescrita.

MECANISMO DE AÇÃO, ABSORÇÃO E EXCREÇÃO PARA O SER HUMANO: Intoxicação: Absorção da calda durante a pulverização ou ingestão acidental. Excreção: Teste com ratos mostrou que o produto é rapidamente metabolizado e eliminado igualmente na urina e fezes.

EFEITOS, AGUDO E CRÔNICO: Irritação Ocular e Irritação Dérmica. Produto senzibilizante.

EFEITOS COLATERAIS: O produto não apresenta efeitos perfeitamente caracterizados.

PRECAUÇÕES DE USO E ADVERTÊNCIAS QUANTO AOS CUIDADOS DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE: Este produto é MUITO PERIGOSO AO MEIO AMBIENTE (CLASSE II). Este produto é ALTAMENTE MÓVEL, apresentando alto potencial de deslocamento no solo, podendo atingir principalmente águas subterrâneas. Este produto é ALTAMENTE TÓXICO para algas. Evite a contaminação ambiental - Preserve a Natureza. Não utilize equipamento com vazamentos. Aplique somente as doses recomendadas. Não aplique o produto na presença de ventos fortes ou nas horas mais quentes. Não lave embalagens ou equipamento aplicador em lagos, fontes, rios e demais corpos d'água. Descarte corretamente as embalagens e restos do produto.

INSTRUÇÕES DE ARMAZENAMENTO DO PRODUTO, VISANDO SUA CONSERVAÇÃO E PREVENÇÃO CONTRA ACIDENTES: Mantenha o produto em sua embalagem original, sempre fechada. O local deve ser exclusivo para produtos tóxicos, devendo ser isolado de alimentos, bebidas ou outros materiais. A construção deve ser de alvenaria ou de material não comburente. O local deve ser ventilado, coberto e ter piso impermeável. Coloque placa de advertência com os dizeres: CUIDADO VENENO. Tranque o local, evitando o acesso de pessoas não autorizadas, principalmente crianças. Deve haver sempre embalagens adequadas disponíveis, para envolver embalagens rompidas ou para o recolhimento de produtos vazados. Em caso de armazéns, deverão ser seguidas as instruções constantes da NBR 9843. Observe as disposições constantes da legislação estadual e municipal.

INSTRUÇÕES EM CASO DE ACIDENTES: Isole e sinalize área contaminada. Contate as autoridades locais competentes e a Empresa NORTOX S/A. Utilize o equipamento de proteção individual - EPI (macacão de PVC, luvas e botas de borracha, óculos protetores e máscara contra eventuais vapores). Em caso de derrame, estanque o escoamento, não permitindo que o produto entre em bueiros, drenos ou corpos d'água.

Siga as instruções: Piso pavimentado - coloque material absorvente (por exemplo, serragem ou terra) sobre o conteúdo derramado e recolha o material com auxílio de uma pá e coloque em recipiente lacrado e identificado devidamente. O produto derramado não deverá ser mais utilizado. Neste caso, contate a empresa ou, o distribuidor ou qualquer representante da empresa na região. O produto deverá ser desativado conforme orientações de destinação de resíduos e embalagens. Lave o local com grande quantidade de água; Solo - retire as camadas de terra contaminada até atingir o solo não contaminado e adote os mesmos procedimentos acima descritos para recolhimento e destinação adequada; Corpos d'água - interrompa imediatamente a captação para o consumo humano e animal e contate o centro emergência da Empresa, visto que as medidas a serem adotadas dependem das proporções do acidente, das características do recurso hídrico em questão e da quantidade do produto envolvido; Em caso de incêndio, use extintores de água em forma de neblina, CO2 ou pó químico ficando a favor do vento para evitar intoxicação.

DESTINAÇÃO ADEQUADA DE RESÍDUOS E EMBALAGENS: as embalagens rígidas devem ser enxaguadas três vezes (tríplice lavagem) e a calda resultante acrescentada à preparação para pulverização. Não reutilize embalagens. As embalagens devem ser perfuradas de maneira a torná-las inadequadas para outros usos. (Obs: exceto em caso de existência do recolhimento das mesmas pela Empresa). Observe as legislações Estadual e Municipal específica; Fica proibido enterrar embalagens. Consulte o Órgão Estadual de Meio Ambiente. Para desativação de restos de produto contate a empresa NORTOX S/A e o Órgão Estadual do Meio Ambiente. A desativação do produto é feita através de incineração em fornos destinados para este tipo de operação e aprovados pelo órgão estadual responsável, equipado com câmaras de lavagem de gases efluentes.

Recomenda-se, de maneira geral, o manejo integrado de pragas (MIP), envolvendo todos os princípios e medidas disponíveis e viáveis de controle, como o controle cultural, controle biológico (predadores e parasitoides), controle microbiano, controle por comportamento, variedades resistentes e controle químico, sempre alternando produtos de diferentes grupos químicos, com mecanismos de ação distintos.
Recomenda-se, de modo geral, o manejo integrado de doenças, envolvendo todos os princípios e medidas disponíveis e viáveis de controle. O uso de sementes sadias, variedades resistentes, rotação de culturas, época adequada de semeadura, adubação equilibrada, controle biológico, manejo da irrigação e outros, visam o melhor equilíbrio do sistema.

O uso continuado de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação pode contribuir para o
aumento de população de plantas infestantes a ele resistentes.
Como prática de manejo e resistência de plantas infestantes deverão ser aplicadas herbicidas, com diferentes mecanismos de ação, devidamente registradas para a cultura. Não havendo produtos alternativos recomenda-se a rotação de culturas que possibilite o uso de herbicidas com diferentes mecanismos de ação. Para maiores esclarecimentos consulte um Engenheiro Agrônomo.

Compatibilidade

Não se conhecem casos de incompatibilidade.