Bula Soyaquim 700 WG - Nufarm
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,090 (1,09%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)

Bula Soyaquim 700 WG

Imazaquim
5305
Sumitomo

Composição

Imazaquim 700 g/kg

Classificação

Terrestre
Herbicida
5 - Produto Improvável de Causar Dano Agudo
III - Produto perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Granulado Dispersível (WG)
Seletivo, Pré-emergência

Frasco plástico de 1 Kg; embalagem primária hidrossolúvel de 200g e embalagem secundária (saco aluminizado) contendo 5 sacos de 200g (hidrossolúvel). Embalagem secundária saco de papel revestido com polietileno de 1Kg, contendo 5 sacos de polietileno de 200 g cada.

INSTRUÇÕES DE USO

SOYAQUIM 700 WG é um herbicida seletivo recomendado para o controle de ervas daninhas de folhas largas na cultura da soja.

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO
SOYAQUIM 700 WG deverá ser aplicado em pré-emergência diretamente no solo antes da emergência da cultura e das plantas daninhas. Uma única aplicação é suficiente para atender às necessidades da cultura no que diz respeito ao controle das invasoras sensíveis e recomendadas acima.

Modo de Ação

O herbicida SOYAQUIM 700 WG é absorvido pelas raízes das plantas daninhas e desta forma se transloca pelo xilema e floema, acumulando-se nos meristemas de crescimento, inibindo a síntese da enzima acetolactato sintase (ALS) que por sua vez participa do processo de biossíntese de três aminoácidos essenciais: valina, leucina e isoleucina. Esta inibição interrompe a síntese protéica que, por sua vez, interfere na síntese do DNA e no crescimento celular. De maneira geral as plantas daninhas são controladas antes da emergência, podendo em alguns casos ocorrer a emergência, porém, chegarão à morte até 14 dias da aplicação. Neste caso, nota-se sintomas de clorose foliar, morte do ponto de crescimento e por fim a morte total das plantas daninhas.

MODO DE APLICAÇÃO

SOYAQUIM 700 WG pode ser usado em plantio convencional ou plantio direto.

Aplicações em Pré-Emergência (PRE) – Aplicar o produto diretamente no solo, o qual deve estar bem preparado e livre de torrões no caso de plantio convencional, e logo após a dessecação e plantio da soja no caso de plantio direto; antes que tenha ocorrido a emergência da cultura e das plantas daninhas. Para que o produto apresente a performance desejada é necessário que haja umidade no solo ou que ocorra chuva ou irrigação após a aplicação a fim de que o produto seja ativado proporcionando o controle das plantas daninhas.

Aplicação terrestre: o produto pode ser aplicado meio de equipamento terrestre manual ou tratorizado e devidamente calibrado. É recomendável a utilização de bicos de jato leque do tipo 80.02 a 80.04, 110.02 a 110.04, ou similares, com pressão de trabalho de 30 a 60 lb/pol², densidade de gotas de 40-80 gotas/cm² e tamanho variando de 200 a 300 micras, e volume de calda de 200 l/ha.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Não especificado devido a modalidade de emprego do produto.

INTERVALO DE REENTRADA DAS PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

(De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS).

LIMITAÇÕES DE USO:

- A água da calda de pulverização deve ser de boa qualidade (não deve ser “dura” e/ou alcalina) e com pH entre 5 e 6, de forma a proporcionar maior estabilidade durante a aplicação do herbicida.
- Evite sobreposição de faixas de pulverização durante a aplicação. Não fazer aplicação do produto na presença de ventos fortes (acima de 8 km/h) a fim de evitar contaminação de culturas vizinhas e sensíveis ao produto. Evite também aplicações com temperatura do ar acima de 30ºC e umidade relativa do ar abaixo de 55%, a fim de assegurar uma distribuição regular da calda sobre o terreno e evitar perdas por evaporação.
- Após a aplicação de SOYAQUIM 700 WG na cultura de soja no verão, pode-se proceder com o plantio das seguintes culturas de inverno subseqüentes: trigo, ervilha, azevém, cevada e aveia. No verão seguinte, pode-se realizar o plantio de soja, feijão, amendoim e arroz, além das culturas de inverno citadas anteriormente. Pode-se plantar também a cultura de milho, desde que passados 300 dias entre a aplicação de SOYAQUIM 700 WG na soja e o plantio desta cultura. Não plantar algodão no ano seguinte ao da aplicação de SOYAQUIM 700 WG na cultura de soja.
- Manter a embalagem com o produto, principalmente depois de aberta, em local fresco, ventilado e com baixa umidade relativa do ar, a fim de preservar a sua performance agronômica.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Sempre que houver disponibilidade de informações sobre programas de Manejo Integrado, provenientes da pesquisa pública ou privada, recomenda-se que estes sejam implementados.

O uso sucessivo de herbicidas do mesmo mecanismo de ação para o controle do mesmo alvo pode contribuir para o aumento da população da planta daninha alvo resistente a esse mecanismo de ação, levando a perda de eficiência do produto e um consequente prejuízo.
Como prática de manejo de resistência de plantas daninhas e para evitar os problemas com a resistência, seguem algumas recomendações:

- Rotação de herbicidas com mecanismos de ação distintos do grupo B para o controle do mesmo alvo, quando apropriado.
- Adotar outras práticas de controle de plantas daninhas seguindo as boas práticas agrícolas.
- Utilizar as recomendações de dose e modo de aplicação de acordo com a bula do produto.
- Sempre consultar um engenheiro agrônomo para o direcionamento das principais estratégias regionais para o manejo de resistência e a orientação técnica da aplicação de herbicidas.
Informações sobre possíveis casos de resistência em plantas daninhas devem ser consultados e, ou, informados à: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas aos Herbicidas (SBCPD: www.sbcpd.org), Associação Brasileira de Ação à Resistência de Plantas Daninhas aos Herbicidas (HRAC-BR: www.hrac-br.org), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA: www.agricultura.gov.br).

GRUPO B HERBICIDA

O produto Soyaquim 700 WG é composto por Imazaquim, que apresenta mecanismo de ação inibidores da ALS, pertencente ao Grupo B, segundo classificação internacional do HRAC( Comitê de Ação à resistência de Herbicidas).