Bula Amplexus - Basf

Bula Amplexus

acessos
Imazapic + Imazapyr
8298
Basf

Composição

Imazapique 525 g/kg Imidazolinonas
Imazapir 175 g/kg Imidazolinonas

Classificação

Herbicida
I - Extremamente tóxica
II - Produto muito perigoso
Não inflamável
Corrosivo
Granulado Dispersível (WG)
Seletivo, Sistêmico, Pós-emergência

Milho - Geneticamente Modificado Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento de 2 - 4 folhas
Capim braquiária
(Brachiaria decumbens)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento até o segundo perfilho
Capim carrapicho
(Cenchrus echinatus)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento até o segundo perfilho
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento até o segundo perfilho
Carrapicho de carneiro
(Acanthospermum hispidum)
100 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento até o segundo perfilho
Corda de viola
(Ipomoea grandifolia)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento de 2 - 4 folhas
Erva palha
(Blainvillea latifolia)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento de 2 - 4 folhas
Flor amarela
(Melampodium perfoliatum)
100 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento de 2 - 4 folhas
Guanxuma
(Sida rhombifolia)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento de 2 - 4 folhas
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento de 2 - 4 folhas
Nabiça
(Raphanus raphanistrum)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento de 2 - 4 folhas
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento até o segundo perfilho
Picão branco
(Galinsoga parviflora)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento de 2 - 4 folhas
Picão preto
(Bidens pilosa)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento de 2 - 4 folhas
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento de 2 - 4 folhas
Tiririca
(Cyperus rotundus)
100 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento até o segundo perfilho
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
100 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. 96 dias. Aplicar na pré-emergência da cultura com a planta daninha com estádio de desenvolvimento de 2 - 4 folhas
Soja CV - Geneticamente modificada Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Amendoim bravo
(Euphorbia heterophylla)
100 a 150 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pós-emergência das plantas daninhas com estádio de 4 - 6 folhas
Buva
(Conyza bonariensis)
100 a 150 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pós-emergência das plantas daninhas com estádio de 2 - 4 folhas
Buva
(Conyza bonariensis)
75 a 150 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pré-emergência
Capim amargoso
(Digitaria insularis)
100 a 150 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pós-emergência das plantas daninhas com estádio de 1 - 2 perfilhos
Capim arroz
(Echinochloa crusgalli)
100 a 150 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pós-emergência da planta daninha com estádio de 1 - 2 perfilhos
Capim colchão
(Digitaria horizontalis)
100 a 150 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pós-emergência com estádio da planta daninha de 10 cm
Capim pé de galinha
(Eleusine indica)
100 a 150 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. APlicar na pós-emergência da planta daninha com estádio de 8 - 10 cm
Caruru rasteiro
(Amaranthus deflexus)
100 a 150 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pré-emergência das plantas daninhas
Corda de viola
(Ipomoea grandifolia)
100 a 150 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pré-emergência das plantas daninhas
Joá de capote
(Nicandra physaloides)
100 a 150 g p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pós-emergência da planta daninha com estádio de 2 - 4 folhas
Mentrasto
(Ageratum conyzoides)
100 a 150 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pré-emergência das plantas daninhas
Papuã
(Brachiaria plantaginea)
100 a 150 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pós-emergência das plantas daninhas com estádio de 4 - 10 folhas
Poaia branca
(Richardia brasiliensis)
100 a 150 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pós-emergência da planta daninha com estádio de 2 - 4 folhas
Trapoeraba
(Commelina benghalensis)
100 a 150 g.p.c./ha 100 a 150 L de calda/ha 30 a 50 L de calda/ha (aéreo) Realizar uma aplicação. Não determinado. Aplicar na pré-emergência das plantas daninhas

Tipo de embalagens: Frasco
Material: plástico
Capacidade: 50g, 100g, 150g, 200g, 250g, 300g, 350g , 400g,450g, 500g, 550g, 600g, 650g, 700g, 750g, 900g, 1kg, 1,2kg, 1,250kg, 1,5kg

Tipo de embalagens: Bombona
Material: plástico
Capacidade: 2; 2,5; 3; 4; 4,5; 5; 6; 7; 8; 9; 10; 15; 20; 25 Kg

Tipo de embalagens: Saco ou stand-up pouch com tampa
Material: papel, plástico, hidrossolúvel com bolsa plástica ou metalizada; aluminizado ou metalizado
Capacidade: 5 g; 10; 15; 20; 25; 30; 35; 40; 45; 50; 100; 150; 200; 250; 300; 350; 400; 450; 500; 550; 600; 650; 700; 750; 900 gramas 1kg; 1,250; 1,5; 2; 3; 4; 4,5; 5; 6; 7; 8; 9; 10; 15; 20; 25; e 30kg

Tipo de embalagens: tambor
Material: plástico ou metal
Capacidade: 75 kg, 100 kg, 150kg, 200 kg

Tipo de embalagens: barrica
Material: papelão
Capacidade: 20; 25; 30; 35; 40; 45; 50; 55; 60; 65; 70; 75; 80; 85; 90; 95; 100; 130; 140; 150 kg

Tipo de embalagens: big-bag
Material: plástico
Capacidade: 200; 250; 300; 350; 400; 450; 500; 550; 600; 650; 900 Kg

Tipo de embalagens: caminhão tanque; silo; bulk
Material: metal
Capacidade: 2.500; 5.000; 7.500; 10.000; 15.000; 16.000; 17.000; 18.000; 19.000; 20.000; 21.000; 22.000; 23.000; 24.000; 25.000; 29.000; 30.000 Kg

INSTRUÇÕES DE USO:

Herbicida sistêmico, seletivo para a cultura do milho tolerante ao grupo das imidazolinonas, resultante da combinação de dois princípios ativos - IMAZAPIC E IMAZAPIR, para aplicação em pós-emergência inicial.

MODO DE AÇÃO DO PRODUTO:

A ação herbicida do ONDUTY é resultado da redução dos níveis de 3(três) aminoácidos alifáticos de cadeia ramificada, valina, leucina e isoleucina, através da inibição do ácido hidroxiacético sintetase (AHAS), uma enzima comum na via biossintética desses aminoácidos. Esta inibição interrompe a síntese protéica, que por sua vez interfere na síntese de DNA e no crescimento celular. A biossíntese desses três aminoácidos e a enzima AHAS não ocorrem em animais.
ONDUTY é absorvido pela folhagem e raízes e translocado rapidamente através do xilema e floema para as regiões meristemáticas da planta, onde se acumula. Embora a interrupção de crescimento e a morte das regiões meristemáticas ocorrem logo após a aplicação, a clorose das folhas novas e a necrose dos tecidos podem demorar em algumas espécies até duas semanas. Em plantas perenes, ONDUTY é translocado para as partes subterrâneas das plantas (rizomas e tubérculos). ONDUTY possui atividade residual no solo, o que lhe confere ação herbicida sobre a sementeira das plantas infestantes.

CULTURA, DOSE E ÉPOCA DE APLICAÇÃO:

Milho: Plantio direto e Plantio convencional.

Pós-emergência inicial: 100 g/ha + SURFACTANTE. Recomenda-se a adição de 0,15% v/v de surfactante não iônico (concentração mínima de 80%) à calda de pulverização.

ÉPOCA DE APLICAÇÃO:

A aplicação deve ser realizada em pós-emergência inicial. O estádio das plantas daninhas recomendado para a aplicação é : FOLHAS LARGAS - entre 2 a 4 folhas e GRAMÍNEAS - até o 2º perfilho.

FORMA DE APLICAÇÃO E EQUIPAMENTOS:

APLICAÇÃO TERRESTRE: Aplicar com equipamento de pulverização tratorizado ou costal manual, utilizando-se bicos tipo XR 110.03 ou 110.04 e TF 2,5 com volume de calda de 100-250 litros por hectare.

APLICAÇÃO AÉREA: Aplicar volume de calda de 40 - 50 litros/ha, bicos D-10 ou D-12 com core 45, altura de vôo de 2 a 3 metros do solo, faixa de aplicação de 12 a 15 metros e ângulo do bico de 90º em relação à direção de vôo. Evite derivas para as culturas vizinhas. Aplique apenas em condições ambientais favoráveis. Evite sobreposição de faixas de pulverização durante a aplicação. A boa prática agrícola recomenda a aplicação sem vento ou com vento de 8- 10 km/h.

OBSERVAÇÃO: Com outros equipamentos assegurar uma boa cobertura de pulverização. A critério do Engenheiro Agrônomo ou do Técnico responsável as condições poderão ser alteradas.

PREPARAÇÃO DA CALDA PARA PULVERIZAÇÃO: Coloque água limpa no tanque do pulverizador até 3/4 de sua capacidade. Com o agitador (retorno) acionado, adicione a quantidade recomendada de ONDUTY, adicione surfactante não iônico (concentração mínima de 80%) na proporção 0,15% v/v e complete o volume do tanque com água.

INTERVALO DE SEGURANÇA: Milho: 96 dias.

INTERVALO DE REENTRADA DAS PESSOAS NAS ÁREAS TRATADAS: De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana - ANVISA/MS.

LIMITAÇÕES DE USO:

Seletividade: ONDUTY é um herbicida seletivo para a cultura do milho, de uso exclusivo em sementes híbridas tolerantes aos herbicidas do grupo das imidazolinonas, desenvolvidas através de técnicas convencionais de melhoramento de plantas.

APLICAÇÕES REALIZADAS DURANTE A SAFRA DE MILHO:

Até que novas informações estejam disponíveis, somente as culturas de inverno e verão abaixo relacionadas poderão ser feitas em sucessão/rotação com o milho na área tratada com ONDUTY.

CULTURAS DE INVERNO (sucessão): milho (safrinha), feijão, trigo, girassol, sorgo, canola, aveia e amendoim.

CULTURAS DE VERÃO (rotação): soja, amendoim, feijão, milho e girassol.

Aplicações realizadas no milho "safrinha": Plantar somente soja, feijão e amendoim em sucessão a cultura do milho "safrinha" na área tratada com ONDUTY.


INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES: Bioacumulação, volatilidade, mobilidade no solo e ecotoxicologia do imi corn no meio ambiente:

BIOACUMULAÇÃO: O produto ONDUTY tem baixo potencial de bioacumulação.

VOLATILIDADE: O produto não é volátil.

MOBILIDADE NO SOLO: Foram realizados ensaios de lixiviação com ONDUTY em diferentes tipos de solo e os resultados mostraram que o produto apresenta mobilidade intermediária.

ECOTOXICOLOGIA DO PRODUTO: o ONDUTY é praticamente não tóxico para aves, minhocas, abelhas, organismos aquáticos e algas.

Mecanismo de ação, absorção e excreção:

Não há mecanismos de ação, absorção e excreção específicos do produto para seres humanos. O produto pode ser acidentalmente absorvido por via oral (ingestão), dérmica (exposição da pele) e inalatória, no entanto, em estudos realizados com animais de sangue quente o produto não apresentou efeitos toxicológicos, tendo sido rapidamente excretado por via urinária, sem apresentar acúmulos em qualquer orgão.

Efeitos agudos e crônicos:

Em teste de toxicidade oral aguda em ratos (DL50 oral) e toxicidade dérmica aguda em ratos
(DL50 dérmica), as doses maximas testadas (2.000 mg/kg e 12.100 mg/kg respectivamente), não causaram mortalidade nos animals testados. Com base nesses resultados e resultados de testes de longa duração, conclui-se que o produto CINCH nao causa efeitos toxicológicos agudos e crônicos significantes.

Efeitos colaterais e sintomas de alarme:

Devido ao tipo de formulação e a toxicidade do produto, é pouco provável que alguma intoxicação possa ocorrer. Em caso de ingestão acidental provoque vômito e consulte imediatamente um médico. Não há registros de sintomas de alarme por não ter havido qualquer caso de intoxicação com o produto.

ANTES DE USAR LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES

PRECAUCOES GERAIS:

Não coma, não beba e não fume durante o manuseio do produto;
Não utilize equipamento com vazamento;
Não desentupa bicos, orifícios e válvulas com a boca;
Evite contato com a pele, olhos e roupas.

PRECAUÇÕES NO MANUSEIO:

Se houver contato com os olhos, lave-os imediatamente com água corrente, veja PRIMEIROS SOCORROS;
Ao contato do produto com a pele, lave-a imediatamente com água e sabão, veja PRIME1ROS SOCORROS;
Use macacão de mangas compridas, chapéu de aba larga, luvas e botas.

PRECAUÇÕES DURANTE A APLICAÇÃO:

Não aplique o produto contra o vento;
Use macacão de mangas compridas, chapéu de aba larga, luvas e botas.
Evite inalar o produto.

PRECAUÇÕES APÓS A APLICAÇÃO:

Não reutilize a embalagem vazia, destrua-a ;
Mantenha o restante do produto adequadamente fechado em local trancado, longe de alcance de crianças e animais;
Tome banho, troque e lave suas roupas.

PRIMEIROS SOCORROS

INGESTÃO: Beba 2 copos grandes de água. Provoque vômito e procure o médico, levando a
embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto.
OLHOS: Lave com água em abundância e procure logo o médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto.
PELE: Lave com água e sabão em abundância e se houver irritação, procure o médico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituario agronômico do produto.
INALAÇÃO: Procure lugar arejado e vá ao medico, levando a embalagem, rótulo, bula ou receituário agronômico do produto.
ANTÍDOTO e TRATAMENTO MÉDICO: tratamento sintomático.

TELEFONES PARA CASO DE EMERGÊNCIA:

Telefones dos centros de informações toxicológicas: Telefone de emergência da empresa:
0-0800-224015

LINHA DIRETA AO CONSUMIDOR: 0-800-212308
"LOGO DA LINHA DERETA AO CONSUM1DOR"
A Linha Direta Ao Consumidor é um serviço gratuito para o consumidor tirar dúvidas e agilizar a resolução de problemas que possam ocorrer com os produtos e serviços da Cyanamid.
Horario de atendimento: 2º a 6º feira de 9:00 as 17:00 hs.

NOTA: As instruções contidas no rótulo e/ou bula deste produto refletem a opinião de especialistas com base em pesquisa e em testes de campo. Contudo, é impossível eliminar todos os riscos associados de maneira inerente ao uso deste produto. Qualquer dano a cultura, falta de eficácia e outras consequências involuntárias, podem ser resultado de fatores como condições climáticas, presença de outros materiais, ou ao modo de uso ou de aplicação do produto em desacordo com as instruções de rótulo, os quais estão fora do controle de Cyanamid Quimica do Brasil Ltda. Todos estes riscos devem ser assumidos pelo usuário. A Cyanamid Quimica do Brasil Ltda. garante apenas que o material aqui contido está de acordo com a descrição química presente no rótulo e é razoavelmente adequado ao uso descrito quando utilizado conforme as instruções e sujeito aos riscos acima referidos. CYANAMID NÃO DÁ, E NEM AUTORIZA NENHUM AGENTE OU REPRESENTANTE A DAR, NENHUMA OUTRA GARANTIA EXPRESSA OU IMPLÍCITA, INCLUINDO QUALQUER OUTRA GARANTIA DE ADEQUAÇÃO OU COMERCIALIZAÇÃO PARA FINS PARTICULARES.

PRECAUÇÕES DE USO E ADVERTÊNCIA QUANTO AOS CUIDADOS DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE:

Este produto é MUITO PERIGOSO AO MEIO AMBIENTE (CLASSE II).
Este produto é ALTAMENTE MÓVEL, apresentando alto potencial de deslocamento no solo, podendo atingir áreas vizinhas às tratadas, lençóis freáticos e águas superficiais.
Este produto é ALTAMENTE TÓXICO para microorganismos do solo.
Evite a contaminação ambiental - Preserve a Natureza.
Não utilize equipamento com vazamentos.
Aplique somente as doses recomendadas.
Não execute aplicação aérea de agrotóxicos em áreas situadas a uma distância mínima de 500 (quinhentos) metros de povoação e de mananciais de captação de água para abastecimento público; e de 250 (duzentos e cinqüenta) metros de mananciais de água, moradias isoladas, agrupamentos de animais e culturas suscetíveis a danos.
Observe as disposições constantes na legislação estadual e municipal concernentes às atividades aeroagrícolas.
Não lave as embalagens ou equipamento aplicador em lagos, fontes, rios e demais corpos d'água.
Descarte corretamente as embalagens e restos do produto.
Não aplicar o produto na presença de ventos fortes e nas horas mais quentes.

INSTRUÇÕES DE ARMAZENAMENTO:

Mantenha o produto em sua embalagem original, sempre fechada.
O local deve ser exclusivo para produtos tóxicos, devendo ser isolado de alimentos, bebidas ou outros materiais.
A construção deve ser de alvenaria ou de material não comburente.
O local deve ser ventilado, coberto e ter piso impermeável.
Coloque placa de advertência com os dizeres: CUIDADO VENENO.
Trancar o local, evitando o acesso de pessoas não autorizadas, principalmente crianças.
Deve haver sempre embalagens adequadas disponíveis, para envolver embalagens rompidas ou para o recolhimento de produtos vazados.
Em caso de armazéns, deverão ser seguidas as instruções da NBR 9843.
Observe as disposições constantes da legislação estadual e municipal.

INSTRUÇÕES EM CASO DE ACIDENTE:

Contacte as autoridades locais competentes e a Empresa CYNAMID QUÍMICA DO BRASIL LTDA., pelo telefone de emergência: 0-800-224015.
Utilize o equipamento de proteção individual - EPI (macacão de PVC, luvas e botas de borracha, óculos protetores e máscara contra eventuais vapores).
Isole e sinalize a área contaminada.
Em caso de derrame, siga as instruções abaixo:

Piso Pavimentado: recolha o material com o auxílio de uma pá e coloque em recipiente lacrado e identificado devidamente. Remove conforme orientações de destinação adequada de resíduos e embalagens. Lave o local com grande quantidade de água;

Solo: retire as camadas de terra contaminada até atingir o solo não contaminado e adote os mesmos procedimentos acima descritos para recolhimento e destinação adequada;

Corpos d'água: interrompa imediatamente a captação para o consumo humano e animal e contacte o centro de emergência da empresa, visto que as medidas a serem adotadas dependem das proporções do acidente, das características do recurso hídrico em questão e da quantidade de produto envolvido.
Em caso de incêndio, use extintores de água em forma de neblina, CO2 ou pó químico, ficando a favor do vento para evitar intoxicação.

DESTINAÇÃO ADEQUADA DE RESÍDUOS E EMBALAGENS:

Não reutilize embalagens.
Observe as legislações Estadual e Municipal específicas.
Fica proibido o enterrio de embalagens. Consulte o Órgão Estadual de Meio Ambiente.

MÉTODO DE DESATIVAÇÃO:

O método para desativação deste produto é a incineração. Na primeira etapa, o produto é incinerado a uma temperatura superior a 90º C por um tempo mínimo de residência de meia hora em um forno rotativo. Posteriormente, os gases passam por uma câmara de combustão a uma temperatura de 1150º C com um tempo de residência de 4 segundos.

Recomenda-se, de maneira geral, o manejo integrado de pragas (MIP), envolvendo todos os princípios e medidas disponíveis e viáveis de controle, como o controle cultural, controle biológico (predadores e parasitoides), controle microbiano, controle por comportamento, variedades resistentes e controle químico, sempre alternando produtos de diferentes grupos químicos, com mecanismos de ação distintos.
Recomenda-se, de modo geral, o manejo integrado de doenças, envolvendo todos os princípios e medidas disponíveis e viáveis de controle. O uso de sementes sadias, variedades resistentes, rotação de culturas, época adequada de semeadura, adubação equilibrada, controle biológico, manejo da irrigação e outros, visam o melhor equilíbrio do sistema.

Como prática de manejo de resistência de plantas daninhas à este produto e produtos correlatos, com mesmo modo de ação, deverão ser aplicados em seqüência a este, herbicida devidamente registrado para a cultura do milho, com diferentes modo de ação. Para maiores esclarecimentos consulte representante da empresa.

Compatibilidade

Não se conhecem casos de incompatibilidade.