Bula Zetaram WG

acessos
Oxicloreto de cobre
811
Sipcam Nichino

Composição

Clorotalonil 400 g/kg Carbonitrilas
Oxicloreto de cobre 420 g/kg Inorgânico

Classificação

Fungicida
I - Extremamente tóxica
II - Produto muito perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Granulado Dispersível (WG)
Protetor

Batata Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Requeima
(Phytophthora infestans)
2 a 2,5 kg p.c./ha 400 a 1000 L de calda/ha - Caso necessário, reaplicar o produto com intervalo de 7 dias, realizando no máximo oito aplicações. 7 dias. As aplicações do produto deverão ser de caráter preventivo quando houver condições climáticas propicias para a doença ou imediatamente ao aparecimento dos primeiros sintomas das doenças, reaplicando com intervalos de 7 dias, caso necessário, com um número máximo de 8 aplicações
Feijão Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Antracnose
(Colletotrichum lindemuthianum)
1,5 a 2 kg p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 14 - 20 dias. 14 dias. Aplicar em caráter preventivo quando houver condições climáticas propicias para a doença ou imediatamente ao aparecimento dos primeiros sintomas das doenças, a cada 14 a 20 dias a partir do estádio V3 (3 folhas expandidas), respeitando o limite máximo recomendado de 3 aplicações
Mancha angular
(Phaeoisariopsis griseola)
1,5 a 2 kg p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 14 - 20 dias. 14 dias. Aplicar em caráter preventivo quando houver condições climáticas propicias para a doença ou imediatamente ao aparecimento dos primeiros sintomas das doenças, a cada 14 a 20 dias a partir do estádio V3 (3 folhas expandidas), respeitando o limite máximo recomendado de 3 aplicações
Tomate Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Pinta preta grande
(Alternaria solani)
200 a 250 g p.c./100 L de água 400 a 1200 L de calda/ha - Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias. 7 dias. As aplicações do produto deverão ser de caráter preventivo quando houver condições climáticas propicias para a doença ou imediatamente ao aparecimento dos primeiros sintomas das doenças, reaplicando com intervalos de 7 dias, caso necessário, com um número máximo de 4 aplicações
Requeima
(Phytophthora infestans)
200 a 250 g.p.c./ha 400 a 1200 L de calda/ha - Realizar no máximo quatro aplicações com intervalo de 7 dias. 7 dias. As aplicações do produto deverão ser de caráter preventivo quando houver condições climáticas propicias para a doença ou imediatamente ao aparecimento dos primeiros sintomas das doenças, reaplicando com intervalos de 7 dias, caso necessário, com um número máximo de 4 aplicações

Conteúdo: 0,02; 0,04; 0,05; 0,1; 0,2; 0,3; 0,5; 0,6; 0,15; 0,20; 0,25; 1,5; 2; 5; 9; 10; 11; 15; 20; 25; 30; 35; 36; 41; 43; 50; 60 e 70 Kg.

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO:

Batata: as aplicações do produto deverão ser de caráter preventivo quando houver condições climáticas propicias para a doença ou imediatamente ao aparecimento dos primeiros sintomas das doenças, reaplicando com intervalos de 7 dias, caso necessário, com um número máximo de 8 aplicações.
Feijão: aplicar em caráter preventivo quando houver condições climáticas propicias para a doença ou imediatamente ao aparecimento dos primeiros sintomas das doenças, a cada 14 a 20 dias a partir do estádio V3 (3 folhas expandidas), respeitando o limite máximo recomendado de 3 aplicações.
Tomate: as aplicações do produto deverão ser de caráter preventivo quando houver condições climáticas propicias para a doença ou imediatamente ao aparecimento dos primeiros sintomas das doenças, reaplicando com intervalos de 7 dias, caso necessário, com um número máximo de 4 aplicações.

MODO DE APLICAÇÃO:

CUPRODIL®WG é apresentado na forma de granulado dispersível. A dose recomendada deve ser diluída em água e pulverizada com o uso de equipamentos terrestres dos tipos costal (manual, pressurizado ou motorizado) ou tratorizado, de forma que se obtenha uma perfeita cobertura da parte aérea da planta visando as faces superior e inferior das folhas.
A quantidade de calda varia em função do porte e enfolhamento da planta. Em geral, o volume varia de 400 até 1.000 L/ha para a cultura da batata e de 200 a 400 L/ha para Feijão. Na cultura do tomate aplicar um volume de calda de 400 a 1.200 L/ha, respeitando a dosagem mínima de 2,0 kg/ha para as pulverizações com volume de calda abaixo de 1.000 L/ha.
No preparo da calda, os grânulos necessitam de um período de 1 a 2 minutos para umidificar e dispersar na água sob agitação, promovendo-se assim, a homogeneização da calda.

INTERVALO DE SEGURANÇA:
- Batata ......................................................................................07 dias
- Feijão .......................................................................................14 dias
- Tomate......................................................................................07 dias

PRECAUCOES GERAIS:
Produto para uso exclusivamente agricola
Nao coma, nao beba e nao fume durante o manuseio e aplicaçao do produto.
Nao manuseie ou aplique o produto sem os equipamentos de proterçao individual (EPI) recomendados.
Os equipamentos de protecao individual (EPI) recomendados devem ser vestidos na seguinte ordem: macacao, botas, mascara, oculos, touca arabe e luvas.
Nao utilize equipamentos de proteçao individual (EPI) danificados.
Nao utilize equipamentos com vazamentos ou defeitos.
Nao desentupa bicos, orificios e valvulas com a boca.
Nao transporte o produto juntamente com alimentos, medicamentos, raçoes, animais e pessoas.

PRECAUCOES NA PREPARACAO DA CALDA:
Produto extremamente irritante aos olhos.
Caso ocorra contato acidental da pessoa com o produto, siga as orientaçoes descritas em primeiros socorros e procure rapidamente um servirço medico de emergencia ..
Ao abrir a embalagem, faça-o de modo a evitar dispersao de poeira.
Utilize equipamento de proteçao individual - EPI: macacao de algodao impermeavel com mangas compridas passando por cirna do punho das luvas e as pernas das calças por cima das botas; botas de borracha; mascara com filtro combinado (filtro quimico contra vapores organicos e filtro mecanico cia sse P2); oculos de segurança corn proteçao lateral e luvas de nitrila.
Manuseie o produto em local aberto e ventilado.

PRECAUCOES DURANTE A APLICACAO:
Evite 0 maximo possivel 0 contato com a area de aplicação
Nao aplique o produto na presença de ventos fortes e nas horas mais quentes do dia. Aplique o produto somente nas doses recomendadas e observe o intervalo de segurança (intervalo de tempo entre a ultima aplicaçao e a colheita).
Utilize equipamento de proteçao individual - EPI: macacao de algodao impermeavel com mangas compridas passando por cima do punho das luvas e as pernas das calças par cima das bolas; botas de borracha; mascara com filtro combinado (filtro quimica contra vapores organicos e filtro mecanico classe P2); óculos de segurança com proteçao lateral; touca arabe e luvas de nitrila.

- Este produto é Altamente Persistente no Meio Ambiente.
- Este produto é altamente tóxico para organismos aquáticos.
- Evite a contaminação ambiental - Preserve a Natureza
- Não utilize equipamentos com vazamentos.
- Não aplique o produto na presença de ventos fortes ou nas horas mais quentes.
- Aplique somente as doses recomendadas.
- Não lave as embalagens ou equipamento aplicador em lagos, fontes, rios e demais corpos d'agua. Evite contaminação da água.
- A destinação inadequada de embalagens ou restos de produtos ocasiona cntaminação do solo, água e do ar, prejudicando a fauna, a flora e a saúde das pessoas.

- Incluir outros métodos de controle de doenças (ex. controle cultural, biológico, etc.) dentro do programa de Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponíveis e apropriados.

Qualquer agente de controle de doenças pode ficar menos efetivo ao longo do tempo devido ao desenvolvimento de resistência. O Comitê Brasileiro de Ação a Resistência a Fungicidas (FRAC-BR) recomenda as seguintes estratégias de manejo de resistência visando prolongar a vida útil dos fungicidas:
- Qualquer produto para controle de doenças da mesma classe ou de mesmo modo de ação não deve ser utilizado em aplicações consecutivas do mesmo patógeno, no ciclo da cultura.
- Utilizar somente as doses recomendadas no rótulo/bula.
- Sempre consultar um Engenheiro Agrônomo para orientação sobre as recomendações locais para o manejo de resistência.