Gestão é o melhor remédio para os empresários rurais enfrentar crises.


Gestão é o melhor remédio para os empresários rurais enfrentar crises.

Por:
1624 acessos

Gestão é o melhor remédio para os empresários rurais enfrentar crises.

Eu digo crises porque sempre há uma em questão.  É a dos preços dos produtos, dos insumos, do endividamento, do câmbio, da economia local, da economia global, coronavirus,  etc.

Será que um dia os empresários rurais estarão imunes às crises? Claro que não. Isto é utopia. Mas precisam estar preparados e fortalecidos para enfrentá-las, por que todas as vezes que ocorrem estes fenômenos alguém sucumbe.

Aliás, esta afirmativa, do título, é válida não apenas para os empresários rurais, mas para empresários de qualquer segmento.

Noutros artigos, já publicados nesta coluna, sempre destacamos a importância e a necessidade do empresário rural adotar um sistema de gestão, no qual, possa ter absoluto controle das finanças, pelo fluxo de caixa, das ações programadas, pelo planejamento operacional e dos seus objetivos e metas, pelo planejamento estratégico.

Estas três ferramentas são elementares e indispensáveis a qualquer sistema de gestão que alguma empresa venha implantar. Há outras, entretanto, estas são básicas. Vamos discorrer um pouquinho sobre cada uma:

Fluxo de Caixa:

É o controle das entradas e saídas de caixa realizadas e a realizar num determinado período de tempo, cujos dados geram informações importantíssimas para tomadas de decisões no que se refere ao planejamento da comercialização dos produtos da empresa. Ainda oferece  outras informações gerenciais como por exemplo onde está sendo gasto o dinheiro da empresa, em custos operacionais, não operacionais, gastos familiares, amortização de empréstimos, e ainda acusará os meses em que haverá estrangulamento financeiro e que o empresário deverá ficar atento para a devida captação de novos recursos.

Planejamento Operacional

É o instrumento no qual o empresário elabora um cronograma de todos os eventos operacionais da empresa como: plantios, tratamentos, colheitas, vacinações e outros manejos, revisões de equipamentos, capacitação de pessoal, distribuição e delegação de tarefas. Tudo isto, evidentemente, com seus respectivos orçamentos financeiros devidamente compatibilizados com o fluxo de caixa.   Esta ferramenta auxilia o gestor a planejar as compras dos insumos necessários e disponibilizar na hora certa para cada evento.

Planejamento Estratégico

É através do planejamento estratégico que o gestor identifica os pontos fortes e fracos do ambiente interno da empresa (competitivo) e também identifica as oportunidades e ameaças ao negócio, ou seja, do ambiente externo. Diante destas constatações é que o empresário estabelece as diretrizes estratégicas procurando aproveitar os pontos fortes e as oportunidades e minimizar os pontos fracos e as ameaças. Desta forma a empresa rural passa a ter a sua Missão (razão de ser), Visão de Futuro (com objetivos e metas), e defende suas crenças (Valores e políticas). É com o planejamento estratégico que a empresa sabe de onde vem e para onde vai.

 

Rogério de Melo Bastos

R & S Training Rural Ltda.
www.praxiagro.com.br 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink