B3 fecha quinta-feira em movimento lateral
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
MILHO

B3 fecha quinta-feira em movimento lateral

Em Chicago o milho fecha em alta, puxado pela exportação, clima no Brasil e restrições da Argentina
Por: -Leonardo Gottems

No mercado brasileiro de milho, a B3 fechou a quinta-feira em movimento lateral, com os principais vencimentos recuando até 2,33%, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “As movimentações foram pequenas hoje na B3 e o que se viu, de forma geral, foi um movimento de correção de traders, que visa basicamente a realização de lucros, em contratos comprados anteriormente. O valor da saca, para os principais contratos, valorizou mais em contratos a médio prazo, com março apresentando os melhores ganhos, variando + 0,70%”, comenta. 

“Nos  números  de  exportação,  trazidos  pela  Secex, foram de  1,14 milhões de toneladas exportadas até o momento,  no  mês  de  dezembro.  Os  números  não surpreendem,  sendo  que  em  dezembro  do  ano passado,  no  mesmo  período,  foram  exportadas  cerca de 2,4 milhões de toneladas. O total previsto pela Anec para  a  temporada  2021  ficou  em  20,74  milhões, volume 37,9% abaixo das 33,396 milhões de toneladas enviadas ao mercado externo no ano passado”, completa. 

Em Chicago o milho fecha em alta, puxado pela exportação, clima no Brasil e restrições da Argentina. “A  cotação  do  milho  para  março22 fechou  em  alta  de  0,21%  ou  1,25  cents/bushel  a  $ 592,50.  A  cotação  de  julho22,  importante  para  as exportações  brasileiras,  fechou  também  em  alta  de 0,04% ou $ 0,25cents/bushel a $ 592,00”, indica. 

“O  relatório  semanal  de inspeções de exportação do USDA mostrou que 1.001 MT  de  milho  foram  embarcadas  durante  a  semana que terminou em 16/12.  Isso  foi  de 84.428 T a  mais em  relação à  semana passada e  231.406 T  acima  da mesma  semana  do  ano  passado.  O  México  foi  o principal destino com 35% do total, embora a China e o Japão também tenham enviado, cada um, mais de 200 mil toneladas.  O  USDA  também  adicionou  mais  de  100k  T  de  exportações  de  milho  aos  relatórios  anteriores.  A exportação total de milho da temporada foi de até 11,31 MT, que agora está atrás do ritmo de 2020/21 em 12%”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.