Colheita da cenoura ganha força
CI
Imagem: Pixabay
TEMPORADA DE VERÃO

Colheita da cenoura ganha força

Preços devem cair até o final do mês
Por: -Aline Merladete

As cotações das cenouras estão em queda em quase todo o Brasil neste mês de janeiro, exceto nos estados do Sul. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, o mercado começou a dar sinais de baixa já na segunda quinzena de dezembro, quando as vendas ficaram abaixo do esperado em MG e GO durante as festividades de Natal e Ano Novo.

De acordo com os dados do boletim informativo do Cepea, com o início da colheita da temporada de verão, os preços médios no último mês de 2020 registraram queda de 6,8% em relação a novembro, sendo a caixa de 29 kg de "suja" comercializada por R$ 28,26. Ainda assim, a rentabilidade dos produtores permaneceu positiva, com preços bem superiores aos custos de produção.

Com a chegada de 2021, a colheita da safra de verão ganhou força, principalmente em São Gotardo (MG), elevando a oferta. Nesse cenário, os preços caíram de forma significativa: na parcial de janeiro (1° a 15), a caixa de 29 kg de "suja" foi comercializada na média de R$ 22,85, 19% abaixo da média de dezembro. No início de fevereiro, a expectativa é de que haja um maior descarte nas lavouras, devido ao clima quente e úmido de verão – o que pode reduzir a oferta de raízes no mercado.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink