Compradores de arroz seguem retraídos e cotações, pressionadas

Arroz

Compradores de arroz seguem retraídos e cotações, pressionadas

Cotações do arroz em casca seguem pressionadas, refletindo a elevada disponibilidade interna
Por:
158 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

Apesar do período de entressafra, as cotações do arroz em casca seguem pressionadas, refletindo a elevada disponibilidade interna – o excedente no mercado doméstico é um dos maiores dos últimos quatro anos – e o consumo enfraquecido. No entanto, conforme colaboradores do Cepea, a desvalorização foi limitada pelo bom ritmo das exportações, que neste ano (janeiro a outubro) já alcançaram quase o dobro do total embarcado no mesmo período de 2017.

Do lado da demanda, indústrias estiveram ainda mais recuadas, dando preferência ao arroz depositado em seus armazéns. Além disso, compradores seguem retraídos, devido ao enfraquecimento das vendas do arroz beneficiado, principalmente nos últimos dois meses. De 13 a 20 de novembro, o Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% de grãos inteiros, registrou baixa de 2,3%, fechando a R$ 41,36/sc nessa terça-feira, 20. Na parcial de novembro (até o dia 20), a retração é de 4,63%.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink