Confira como está o mercado do milho
CI
Imagem: Divulgação
COTAÇÕES

Confira como está o mercado do milho 

Em Santa Catarina, os negócios no Oeste estão em torno de R$ 95,00
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com a TF Agroeconômica, o frete continua impedindo os negócios do milho no estado do Rio Grande do Sul. “Hoje, ouvimos relatos de nossos parceiros no Rio Grande do Sul no sentido de negócios não realizados por conta do frete. Com as altas expressivas que ocorreram ao longo de pelo menos três semanas, a disputa que permanece é entre a intenção de venda FOB do produtor, e compra CIF das indústrias. Ninguém quer assumir a conta salgada do transporte”, comenta. 

Em Santa Catarina, os negócios no Oeste estão em torno de R$ 95,00, compradores pedindo ofertas. “Diante de um mercado que vê altas crescentes em todos os estados produtores, os compradores hoje preferiram manter-se discretos na indicação de preços e poucos se arriscaram  a  dar  ideias  para  que  corretores  ou vendedores buscassem ofertas.  Mesmo  assim,  especula-se  que  um  grande  volume  foi fechado  no  oeste  catarinense,  entre  uma  cerealista  e uma  indústria”, completa. 

No Paraná, a safrinha está em sua reta final de semeadura, com pedidas de vendedores na faixa de R$ 93,00. “O  plantio  ainda  segue  em  regiões  como  Maringá  (96%),  Cornélio Procópio (90%), Londrina (87%), e Ivaiporã e Pitanga (95%). Em relação à colheita da safra de verão, o relatório do órgão aponta que 82% das lavouras estão colhidas, sendo que destas, 95% já estão na fase de maturação, e 5% na frutificação”, indica. 

Já no Mato Grosso do Sul, foram vistos negócios em pequenos lotes em direção às fábricas. “O milho apresentou um movimento bastante calmo hoje no Mato Grosso do Sul e os relatos de nossos parceiros foram  de  lotes  pequenos  –  300  a  600  toneladas,  no máximo – com movimentos no interior do Estado, não alcançando  outros  mercados,  como  do  Paraná,  Santa Catarina ou mesmo os portos”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink