OVOS/CEPEA: maior produção impacta negativamente setor em 2018

Ovos

OVOS/CEPEA: maior produção impacta negativamente setor em 2018

Produção de ovos de galinha voltou a aumentar no terceiro trimestre de 2018
Por:
68 acessos

A produção de ovos de galinha voltou a aumentar no terceiro trimestre de 2018. De julho a setembro, a quantidade produzida foi 5% maior que a do segundo trimestre, de acordo com a pesquisa de Produção de Ovos de Galinha do IBGE, divulgada na última quarta-feira, 12.

Ainda conforme a pesquisa, de janeiro a setembro, a produção do Espírito Santo se destacou, com um expressivo aumento de 18% frente à do mesmo período do ano passado, somando 252.448 mil dúzias. Mesmo assim, o estado de São Paulo continua sendo o maior produtor de ovos de galinha do Brasil, com 780.754 mil dúzias produzidas no mesmo período.

Segundo colaboradores do Cepea, esse cenário vem impactando negativamente o setor, visto que, ao longo de 2018, a oferta elevada manteve as cotações da proteína abaixo dos patamares observados em 2017. Os valores reais (deflacionados pelo IPCA de novembro/18) de janeiro a novembro deste ano foram 19% inferiores aos negociados em 2017 na região de Bastos (SP), tanto para o ovo branco tipo extra quanto para o vermelho, indicando que a demanda interna não está sendo suficiente para absorver o volume produzido.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink