Soja recua no RS, enquanto colheita sobe em SC
CI
Imagem: Divulgação
COTAÇÕES

Soja recua no RS, enquanto colheita sobe em SC

No Paraná, o mercado está lento, com a colheita na reta final
Por: -Leonardo Gottems

O preço da soja deu uma recuada de 0,3%, com os negócios se mantendo calmos, de acordo com informações da TF Agroeconômica. “Como resultado da inconstância do mercado e das chuvas que tem assolado o Estado, impedindo as colheitas desde sábado, o mercado reportou apenas um volume de 5 mil toneladas sendo vendidas. Apesar das chuvas, alguns pontos do Estado ainda conseguem colher, portanto não ocorreu uma parada completa, mas sim apenas um atraso”, comenta. 

Em Santa Catarina, a colheita atinge 52% e um negócio foi realizado em Imbituba. “O valor da soja chegou à R$172,00 no porto, mas pequenos volumes saem a preços maiores em Imbituba, chegando à R$173,00 para compra de 600 toneladas que ocorreu hoje. Quanto  à  colheita,  está  prosseguindo  adequadamente  tendo  chego  à  52%  do  total  e  mais  próxima  dos  59% negociados antecipadamente”, completa. 

No Paraná, o mercado está lento, com a colheita na reta final e preços subiram entre 1 e 6 reais/saca. “Embora sendo segunda-feira, um pequeno volume de soja rodou a bons valores no porto de Paranaguá.  Fontes  indicam  que  foram  cerca  de  2  mil  toneladas  à R$173,00 para pagamento no dia 12 de maio.  Ademais, os fretes ainda estão muito altos e o mercado permanece  bastante  silencioso  e  os  lotes  diminuíram bastante”, indica. 

Já em Minas Gerais, o mercado está devagar, com a colheita indo para o final. “Segundo analistas,  nesta  semana  a  colheita de soja do Estado  de Minas  Gerais  deve  acabar,  indicando  que já deve estar mais de 90%.  O  mercado  espera  que,  ao  fim  da  colheita,  os agricultores que guardaram a soja e  não  a negociaram em  contratos  antecipados,  cerca  de  10%  de  todo  o volume  do  Estado,  devem  começar  a  vender  e  a movimentar o mercado”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink