Soja voltou a subir levemente em Chicago
CI
Imagem: Nadia Borges
MERCADO

Soja voltou a subir levemente em Chicago

O USDA divulgou uma venda de soja de safra antiga de 100 mil toneladas para o México
Por: -Leonardo Gottems

A soja voltou a subir levemente na Bolsa de Chicago, puxada pelo pré-relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “O contrato de janeiro22 da soja em grão fechou em alta de 0,09% ou $ 1,25  cents/bushel  a  $ 1376,0; o contrato de maio22, importante para as exportações brasileiras, também fechou em alta de 0,04% ou $ 0,50 cents/bushel a $ 1394,25”, comenta. 

“O contrato de janeiro do farelo de soja em queda de 0,07 % ou $ 0,3/t curta a $ 427,3 e o contrato de dezembro de óleo de soja fechou em alta de 1,92% ou $ 1,11/libra-peso a $ 59,00. A  preocupação  com  o  desenvolvimento  produtivo  da  América  do  Sul  continua,  apesar  de  os  mapas climáticos oferecerem melhorias ao indicar a chegada de chuvas em áreas altamente comprometidas da Argentina e sul do Brasil. A subida do petróleo (4%) deu apoio”, completa. 

O USDA divulgou uma venda de soja de safra antiga de 100 mil toneladas para o México em um anúncio diário obrigatório nesta manhã. “A CONAB informou a previsão de produção de soja do Brasil em 140,5 MT, queda de 252 mil T em relação à estimativa anterior, já que o  Paraná sozinho foi cortado em 2,2  MT.  Os estados das regiões Norte e  Centro-Oeste foram aumentados para compensar a diferença com um salto de 442k T em Mato Grasso.  Uma consultoria privada brasileira informou a colheita de soja do Brasil em 0,2% concluída a partir de 1/6”, indica. 

“Entrando nos relatórios de quarta-feira, os traders esperam ver um USDA reduzir a produção de soja do Brasil em 2,4 MT para 141,6 MT em média. A soja da Argentina deve ser relatada em 48,2 MT, o que seria um corte de 1,3 MT se realizado. Espera-se que o estoque final global de soja seja 2,3 MT menor a 99,7 MT”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.