Cochonilha branca (Aulacaspis tubercularis)
CI

Cochonilha branca

(Aulacaspis tubercularis)

Culturas Afetadas: Abacate, Mamão, Manga

Danos

A cochonilha branca ataca folhas, frutos e hastes. A infestação das plantas de mangueira com as cochonilhas A. tubercularis ocasiona exsudação de látex, manchas e deformações nos frutos, desqualificando-os para fins comerciais. É considerada a espécie de cochonilha mais importante nos pomares destinados à exportação. O orifício feito para a sua alimentação no fruto, favorece a penetração de patógenos de pós-colheita. Causam o secamento das plantas, quando em alta infestação, pela sucção contínua da seiva.

Controle

Pode-se fazer o controle Cultural, através da retirada dos frutos atacados. Evitar a utilização de grade, pois a poeira favorece o seu desenvolvimento.

O controle biológico pode ser realizado pelo uso do ectoparasitóide Aphytis sp. e o endoparasita Aspidiotiphagus lounsburyi (Hymenoptera Aphelinidae) foram relatados no Cerrado e no Semi-Árido brasileiro, como inimigos naturais de A. tubercularis. As joaninhas Azya luteipes e Pentilia egena (Coleoptera:Coccinelidae), a vespa Scutellista cyanea(Hymenoptera: Pteromalidae ) e crisopídeos (Neuroptera: Chrysopidae) são predadores de cochonilhas.

Recomenda-se o uso de produtos registrados para a cultura.

Fotos