Nematóide carvenícola

Nematóide (Radopholus similis)

Culturas Afetadas: Banana, Marantas, Todas as culturas com ocorrência do alvo biológico

Radopholus similis é vulgarmente chamado de nematóide cavernícola devido ao sintoma causado no córtex das raízes e no rizoma de bananeiras. Tem grande importância em função dos danos causados, podendo provocar perdas de até 100% da produção, e pela sua ampla distribuição geográfica.

Danos: As raízes e rizomas atacados apresentam extensas áreas necróticas, de coloração avermelhada, resultantes da alimentação dos Juvenis (J2, J3 e J4) e fêmeas, que ao se alimentarem do citoplasma e às vezes do núcleo das células corticais, as tornam necrosadas. Este problema é agravado pelo movimento contínuo do nematóide no tecido. Em conseqüência do ataque, as raízes tornam-se necrosadas, podendo ocorrer o tombamento de plantas.

Controle: As principais medidas de controle a serem tomadas são o plantio de material sadio e de boa procedência e a escolha de local isento do patógeno.

Como medidas que visem a redução da população, pode-se realizar o alqueive, a inundação e a rotação de cultura. Com o objetivo de amenizar as perdas devido ao tombamento das plantas, deve-se realizar o escoramento das mesmas.

A eficiência do controle com o uso de nematicida está condicionada ao tipo de solo, à dosagem e ao método de aplicação, bem como à época e à freqüência do tratamento. Recomenda-se o uso de produtos registrados para as culturas.

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente