Podridão de raízes (Fusarium verticillioides)

Podridão de raízes

Podridão do colmo (Fusarium verticillioides)

Culturas Afetadas: Milho


A doença ocorre, principalmente, após a polinização, quando esta fase é antecedida por período seco e seguida por período chuvoso.



Sintomas - Os sintomas internos caracterizam-se por uma alteração na cor da medula, que pode variar de esbranquiçada a marrom. Em estádios mais avançados da doença, pode ocorrer a quebra do colmo. O patógeno afeta, geralmente, as raízes e os internódios inferiores, podendo atingir também os internódios superiores e causar podridão de espiga.

Controle - Plantio de cultivares resistentes é o método mais eficiente de controle. Adubação equilibrada, principalmente com potássio, densidade de plantio adequada e colheita na hora apropriada minimizam os danos provocados pela doença.
 

Fotos

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente