Seca de ponteiros

Mancha de Phoma (Phoma costaricensis)

Culturas Afetadas: Café

A seca dos ponteiros e ramos laterais, conhecida também por “dieback”, é causada por um complexo de fatores, sobressaindo-se as condições climáticas desfavoráveis, má nutrição das plantas e ocorrência de pragas e doenças. Ocorre em cafeeiros de qualquer idade e caracteriza-se pela desfolha e morte descendente dos ramos.

A doença ocorre em duas épocas principais:

a) Nos períodos de inverno chuvoso, que prolongam o ciclo vegetativo da planta, quando as folhas novas são mais sujeitas ao frio, aos ventos e à entrada de fungos e bactérias;

b) Na época de granação dos frutos, quando os ramos carregados se esgotam, desfolham e apresentam morte descendente (da ponta para a base). Nesse caso, a gravidade do ataque é maior em lavouras com as primeiras produções, quando as relações sistema radicular/parte aérea e folhas/frutos são pequenas, nas áreas mais quentes, em que a granação é rápida, e quando os solos apresentam algum tipo de impedimento.

Danos: O desequilíbrio nutricional do cafeeiro pode desencadear a doença, que se agrava pelo ataque de Phoma costaricensis. A doença evidencia-se durante a granação e maturação dos frutos, ocasião de máxima exigência nutricional. Como conseqüência, ocorre má granação dos frutos, devido à desfolha, ocasionando uma redução na produção do ano e na do ano seguinte e uma bebida de qualidade inferior.

A seca dos ponteiros causada por Phoma costaricensis já constitui problema em alguns países produtores de café, como Guatemala, Costa Rica e Colômbia. No Brasil, sua ocorrência foi constatada em 1973, no Estado do Espírito Santo.

Controle: O controle dessa doença deve começar com a adoção de medidas culturais, tais como seleção de áreas de plantio, evitando a instalação de lavouras em áreas sujeitas à incidência constante de ventos fortes e frios, e adubação equilibrada.

Adicionalmente, podem ser realizadas de uma a duas pulverizações com os mesmos fungicidas indicados para o combate de Colletotrichum spp logo que os sintomas aparecerem, principalmente no início do inverno, o que diminui a gravidade do problema.

Fotos

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente
Mostrando 1 até 12 de 42