Tripes

(Frankliniella occidentalis)

Culturas Afetadas: Ameixa, Amora preta, Crisântemo , Framboesa, Morango, Pepino, Pimentão, Todas as culturas com ocorrência do alvo biológico, Tomate, Uva

Este gênero de Tripes causa grandes prejuízos devido a grande quantidade de seiva que suga, e também pela transmissão de viroses. Outras culturas de importância econômica em que a espécie tem ocorrência: melão, tomate, uva, feijão, alfafa, damasco, rosa, citros, violeta, crisântemo, pêssego, cravo, girassol e pimentão.

Danos: Tanto a fase jovem quanto a fase adulta do tripes atacam as folhas, alimentando-se da seiva das plantas, provocando o dobramento dos bordos para cima e a descoloração esbranquiçada. Quando o ataque ocorre nas inflorescências, a descoloração é avermelhada e pode resultar em esterilidade das espiguetas. O desenvolvimento da população da praga evolui conforme o crescimento das plantas, atingindo seu pico no florescimento.

Controle: Pulverizações com inseticidas específicos, registrados para as culturas.

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente