Resistência de Genótipos de Milho ao Ataque de Sitophilus zeamais


Agronegócio

Resistência de Genótipos de Milho ao Ataque de Sitophilus zeamais

Por:
440 acessos

Avaliação da resistência de genótipos de milho ao ataque de Sitophilus zeamais Mots., em condições de laboratório, em testes com e sem chance de escolha, indicaram que os genótipos menos atrativos ao inseto foram C-701 e C-505 (8,5% e 10,43% dos insetos liberados), enquanto que C-525 e C-606 (33,25% e 21,72%) foram os mais atrativos. Os genótipos C-511, C-505, C-525 e C-125 proporcionaram a emergência de menor número de insetos e de peso de grãos consumidos (5,0 insetos e 0,1g; 8,1 e 0,1; 8,5 e 0,2; 9,9 e 0,2), quando comparados ao C-606, C-805, C-701 e C-135 com maiores valores (24,2 insetos e 0,6g; 18,6 e 0,5; 20,4 e 0,5; 20,1 e 0,5 respectivamente).
 
Veja o artigo na integra clicando aqui.

Autores: Arlindo L. Boiça Jr., Fernando M. Lara e Flávio P. Guidi.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink