Bula Abamectin Nortox 400 WG - Nortox

Bula Abamectin Nortox 400 WG

Abamectina
6020
Nortox

Composição

Abamectina 400 g/kg

Classificação

Terrestre/Aérea
Acaricida, Inseticida, Nematicida
2 - Produto Altamente tóxico
II - Produto muito perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Granulado Dispersível (WG)
Contato, Ingestão

Tipo: Barrica
Material: Papelão
Capacidade: 1; 2; 2,5; 3; 4; 5; 10; 15; 20; 25; 30; 50 kg
Tipo: Big-bag
Material: Plástico
Capacidade: 20; 50; 100; 200; 300; 400; 500; 600; 700; 800; 900; 1.000 kg
Tipo: Bulk
Material: Metálico/Fibra/Plástico
Capacidade: 20; 50; 100; 200; 300; 400; 500; 600; 700; 800; 900; 1.000; 2.000; 5.000; 10.000; 15.000; 20.000 kg
Tipo: Frasco
Material: Plástico
Capacidade: 0,1; 0,2; 0,25; 0,5; 0,75; 1,0; 2,0; 2,5; 3,0; 4,0 kg
Tipo: Galão
Material: Plástico
Capacidade: 5; 10; 15; 20; 25; 30; 50 kg
Tipo: Mini Bulk
Material: Metálico/Fibra/Plástico
Capacidade: 20; 50; 100; 200; 300; 400; 500; 600; 700; 800; 900; 1.000; 2.000; 5.000; 10.000; 15.000; 20.000 kg
Tipo: Saco
Material: Alumínio/Polietileno/Metálico/Plástico/Papel/Poly-nylon (multifolidos ou não)
Capacidade: 0,1; 0,2; 0,25; 0,5; 0,75; 1,0; 2,0; 2,5; 3,0; 4,0; 5,0; 10; 15; 20; 25; 30; 50 kg
Tipo: Saco
Material: Alumínio/Polietileno/Metálico/Plástico/Papel/Poly-nylon (multifoliados ou não)
Capacidade: 0,1; 0,2; 0,25; 0,3; 0,5; 0,75; 1,0; 2,0; 2,5; 3,0; 4,0; 5,0 kg
Tipo: Saco
Material: Hidrossolúvel
Capacidade: 0,1; 0,2; 0,25; 0,3; 0,5; 0,75; 1,0; 2,0; 2,5; 3,0; 4,0; 5,0 kg
Tipo: Tambor
Material: Metálico
Capacidade: 1; 2; 2,5; 3; 4; 5; 10; 15; 20; 25; 30; 50 kg.

INSTRUÇÕES DE USO DO PRODUTO

ABAMECTIN NORTOX 400 WG é um acaricida, inseticida e nematicida que age por ação de contato e ingestão em aplicação foliar nas culturas de batata, café, citros, feijão, mamão, tomate e uva. Em aplicação no sulco de plantio sobre as sementes de algodão, milho e soja e ainda no sulco de plantio em aplicação sobre os toletes de cana-de-açúcar visando o controle de nematóide nestas culturas.

MODO DE APLICAÇÃO

ABAMECTIN NORTOX 400 WG pode ser aplicado via terrestre por pulverizadores costais (manuais ou motorizados) e tratorizados ou via aplicação aérea.

PERIGO: FATAL SE INALADO. UTILIZAR MÁSCARA COM FILTRO COMBINADO NA MANIPULAÇÃO DO PRODUTO.

PREPARAÇÃO DA CALDA

Para melhor preparação da calda, abasteça o pulverizador até 3/4 de sua capacidade mantendo agitador ou retorno acionado. Coloque a dose indicada do inseticida ABAMECTIN NORTOX 400 WG em um recipiente com água a parte para se obter uma pré-diluição do produto e adicione ao tanque do pulverizador, após esse processo complete o volume restante do pulverizador com água. Prepare apenas a quantidade de calda necessária, pulverizando logo após sua preparação. Na ocorrência de algum imprevisto que interrompa a agitação da calda, agitá-la vigorosamente antes de reiniciar a aplicação. Informações sobre o uso de adjuvante: Indicado o uso de adjuvante a base de Óleo Vegetal e Mineral. Recomendado para as culturas de acordo com o quadro de instruções de uso do produto. Função: proporciona uma melhor e mais adequada distribuição das formulações sobre as superfícies foliares, aumenta a absorção e translocação dos compostos aplicados; aumenta a penetração dos compostos através da cutícula foliar, devido à destruição das camadas de cera presentes nas folhas. Concentração do adjuvante na calda: 0,25% v/v ou seja 0,25 L de adjuvante para cada 100 L de calda.

APLICAÇÃO TERRESTRE

Para a aplicação do inseticida ABAMECTIN NORTOX 400 WG utilize uma tecnologia de aplicação que ofereça uma boa cobertura dos alvos. O equipamento de pulverização deverá ser adequado para cada tipo de cultura, forma de cultivo e a topografia do terreno. A pressão de trabalho deverá ser selecionada em função do volume de calda e da classe de gotas. Utilizar a menor altura possível da barra para cobertura uniforme, reduzindo a exposição das gotas à evaporação e ao vento, e consequentemente a deriva. Deve-se realizar inspeções nos equipamentos de aplicação para calibrar e manter (pontas, barra, medidores de pressão) em perfeito estado visando uma aplicação correta e segura para total eficiência do produto sobre o alvo. As maiores doses devem ser utilizadas em altas pressões da praga e/ou em estádios vegetativos avançados da cultura, bem como os volumes de calda indicados de acordo com a cultura. Consulte sempre um Engenheiro Agrônomo para flexibilizar caso necessário a aplicação mediante uso de tecnologia adequada.

APLICAÇÃO AÉREA

A recomendação aérea é destinada para as aplicações foliares nas culturas de batata, café, citros, feijão, mamão, soja, tomate e uva. Utilizar aeronave agrícola registrada pelo MAPA e homologada para operações aero agrícolas pela ANAC. A altura de voo não deve ultrapassar 4,0 m, para evitar problemas com deriva, a altura ideal é de 2 a 3 m acima do alvo, desde que garanta a segurança do voo. O volume de calda recomendado é de 20 a 40 L/ha.

CONDIÇÕES CLIMÁTICAS PARA APLICAÇÃO TERRESTRE E AÉREA

- Umidade relativa do ar: mínimo 60%; máximo 95%.
- Velocidade do vento: mínimo de 2 km/hora e máximo de 10 km/hora.
- Temperatura: entre 20 a 27ºC ideal.

RECOMENDAÇÕES DE BOAS PRÁTICAS DE APLICAÇÃO

Evitar as condições de inversão térmica. Deve-se evitar aplicação com excesso de velocidade, excesso de pressão, excesso de altura das barras ou aeronave. Ajustar o tamanho de gotas às condições ambientais, alterando o ângulo relativo dos bicos hidráulicos ou o ângulo das pás do “micronair”. O potencial de deriva é determinado pela interação de muitos fatores relativos ao equipamento de pulverização (independente do equipamento utilizado, o tamanho das gotas é um dos fatores mais importantes para evitar a deriva) e ao clima (velocidade do vento, umidade e temperatura), para tanto o tamanho de gotas a ser utilizado deve ser o maior possível, sem prejudicar a boa cobertura da cultura e eficiência.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Algodão, cana-de-açúcar, milho, soja: Intervalo de segurança não determinado devido à modalidade de emprego.
Batata, café feijão, mamão, soja (Foliar): 14 dias
Citros (Foliar): 7 dias
Tomate (Foliar): 3 dias
Uva (Foliar): 28 dias

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

Aplicação foliar: Não entre na área em que o produto foi aplicado antes da secagem completa da calda (no mínimo 24 horas após a aplicação). Caso necessite de entrar antes desse período, utilize os equipamentos de proteção individual (EPIs) recomendados para o uso durante a aplicação. Aplicação no sulco do plantio: Não há necessidade de observância de intervalo de reentrada, desde que as pessoas estejam calçadas ao entrarem na área tratada.

LIMITAÇÕES DE USO

- Uso exclusivamente agrícola.
- Abamectin Nortox 400 WG não é fitotóxico para as culturas quando utilizado nas doses recomendadas.

PERIGO: FATAL SE INALADO. UTILIZAR MÁSCARA COM FILTRO COMBINADO NA MANIPULAÇÃO DO PRODUTO.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Recomenda-se, de maneira geral o Manejo Integrado de Pragas (MIP), envolvendo todos os princípios e medidas disponíveis e viáveis de controle como:
- Utilizar sementes sadias;
- Utilizar de variedade e/ou cultivares resistência;
- Realizar rotação de culturas;
- Realizar manejo adequado de adubação e irrigação de modo que visem o melhor equilíbrio do sistema;
- Semeadura/transplante em época adequada para a cada região.

A resistência de pragas a agrotóxicos ou qualquer outro agente de controle pode tornar-se um problema econômico, ou seja, fracassos no controle da praga podem ser observados devido à resistência. O inseticida ABAMECTIN NORTOX 400 WG pertence ao grupo 6 (moduladores alostéricos de canais de cloro mediados pelo glutamato) e o uso repetido deste inseticida ou de outro produto do mesmo grupo pode aumentar o risco de desenvolvimento de populações resistentes em algumas culturas. Para manter a eficácia e longevidade do ABAMECTIN NORTOX 400 WG como uma ferramenta útil de manejo de pragas agrícolas, é necessário seguir as estratégias de MIP que podem prevenir, retardar ou reverter a evolução da resistência.
- Rotacionar as aplicações com produtos efetivos para a praga alvo com mecanismos de ação distintos do Grupo 6.
- Aplicações sucessivas de ABAMECTIN NORTOX 400 WG podem ser feitas desde que o período residual total do “intervalo de aplicações”;
- Respeitar o intervalo de aplicação para a reutilização do ABAMECTIN NORTOX 400 WG ou outros produtos do Grupo 6 quando for necessário;
- Sempre que possível, realizar as aplicações direcionadas às fases mais suscetíveis das pragas a serem controladas;
- Adotar outras táticas de controle, previstas no Manejo Integrado de Pragas (MIP) como rotação de culturas, controle biológico, controle por comportamento etc., sempre que disponível e apropriado;
- Utilizar as recomendações e modalidade de aplicação de acordo com a bula do produto;
- Sempre consultar um Engenheiro Agrônomo para o direcionamento das principais estratégias regionais para o manejo de resistência e para a orientação técnica na aplicação de inseticidas; - Informações sobre possíveis casos de resistência em insetos e ácaros devem ser encaminhados para o IRAC-BR (www.irac-br.org.br), ou para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (www.agricultura.gov.br).