Bula Thunder - Arysta Lifescience
CME MILHO (SET/20) US$ 3,076 (-1,22%)
| Dólar (compra) R$ 5,41 (1,29%)

Bula Thunder

Amicarbazona
4412
UPL

Composição

Amicarbazona 700 g/kg

Classificação

Terrestre
Herbicida
4 - Produto Pouco Tóxico
III - Produto perigoso
Não inflamável
Corrosivo
Granulado Dispersível (WG)
Sistêmico, Pós-emergência, Pré-emergência

Conteúdo: 0,1 kg; 0,2 kg; 0,25 kg; 0,5 kg; 1,0 kg; 1,5 kg; 2,0 kg; 2,5 kg; 5,0 kg; 10,0 kg; 15,0 kg; 20,0 kg; 25,0 kg; 50,0 kg; 100 kg; 200 kg; 500 kg; 1000 kg; 1100 kg; 1200 kg e 1300 kg.

INSTRUÇÕES DE USO

THUNDER é um herbicida sistêmico, inibidor do fotossistema II (ou da síntese de Hill), de pré e pós emergência, recomendado para a cultura do milho.
Observações:
1 – Na cultura do Milho, para controle pré-emergente de Buva, em aplicação de entressafra, utilizar a dose de Thunder a 0,3 kg/ha em áreas com histórico de baixa infestação de Buva e a dose de Thunder a 0,4 kg/ha em áreas com histórico de alta infestação de Buva.
2 – Na cultura do Milho, para controle pós-emergente de Buva, em aplicação de entressafra, utilizar a dose de Thunder a 0,4 kg/ha junto ao Alquil ester etoxilado do ácido fosfórico a 0,5% v/v em plantas menores que 8 cm de altura.

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO

Milho (Pré-emergente): Aplicação no pós-plantio antes da emergência da planta daninha e da cultura.
Milho (Entressafra): Aplicação com intervalo mínimo de 45 dias antes do plantio em pré ou pós-emergência da planta daninha.

CONDIÇÕES CLIMÁTICAS

Temperatura do ar (máxima): 30º C
Umidade Relativa do Ar: mínima de 60%
Velocidade do vento (máxima): 6 Km/hora

MODO/EQUIPAMENTO DE APLICAÇÃO

O produto deve ser pulverizado através de aplicações terrestres. A distribuição nas aplicações deve ser uniforme, podendo a vazão ser de 200 a 400 L/ha de calda. Na aplicação, evitar sobreposições, pois isso causará aumento da concentração do produto acima do recomendado.
Pressão da bomba: 40 – 60 lb/pol²
Bicos na barra: 80:04 ou leque XR-110.02 / 110.03 (com ou sem indução de ar), distanciados 50 cm entre si à altura de 50 cm do solo.
Evite a sobreposição da barra durante a aplicação.

MODO PREPARO DE CALDA

- Adicionar água ao tanque de pulverização até a metade de sua capacidade.
- Adicionar Thunder. Observação: Na aplicação de entressafra do milho, em pós-emergência da planta daninha, adicionar o adjuvante Alquil ester etoxilado do ácido fosfórico.
- Completar o volume de água.
- Antes e durante a aplicação, manter constante agitação da calda de pulverização.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Milho: Não determinado, devido a modalidade de emprego.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

Intervalo de reentrada para todas as culturas é de 24 horas. Mantenha afastados da área de aplicação crianças, animais domésticos e pessoas desprotegidas. Caso necessite entrar na área tratada antes de 24 horas ou se as partes tratadas estiverem úmidas, use equipamento de proteção individual.

LIMITAÇÕES DE USO:

• Thunder só deverá ser usado na aplicação da entressafra (para milho), quando se tratar de solos de textura argilosa e média.
• Não aplicar o produto em lavoura de milho plantada com variedade LH 25. Para os novos híbridos a serem laçados, é recomendado fazer teste prévio.
• Thunder não deve ser utilizado na cultura do milho, em condição de solo arenoso.
• Para rotação de culturas, observar o período mínimo de um ano após a aplicação, para o plantio de outras culturas.
• Não aplicar, exceto quando recomendado para o uso em cultura, ou drenar, ou lavar equipamentos de pulverização sobre ou próximo de plantas ou áreas onde suas raízes possam se estender, ou em locais nos quais o produto possa ser levado ou posto em contato com as raízes das mesmas.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Sempre que houver disponibilidade de informações sobre programas de Manejo Integrado, provenientes da pesquisa pública ou privada, recomenda-se que estes programas sejam implementados.

O uso continuado de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação pode contribuir para o aumento de população de plantas infestantes a ele resistentes.
Como prática de manejo e resistência de plantas infestantes deverão ser aplicados herbicidas com diferentes mecanismos de ação, devidamente registrados para a cultura. Não havendo produtos alternativos recomenda-se a rotação de culturas que possibilite o uso de herbicidas com diferentes mecanismos de ação. Para maiores esclarecimentos consulte um Engenheiro Agrônomo.

PT - Dinamic Técnico registro nº 04413