Bula Verismo

acessos
Metaflumizone
18817
Basf

Composição

Metaflumizone 240 g/L Semicarbazone

Classificação

Inseticida
I - Extremamente tóxica
III - Produto perigoso
Não inflamável
Não corrosivo
Suspensão Concentrada (SC)
Contato
Acelga Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta do cartucho
(Spodoptera frugiperda)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 800 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
100 mL p.c./100L 300 a 500 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Agrião Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta do cartucho
(Spodoptera frugiperda)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 800 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
100 mL p.c./100L 300 a 500 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Alface Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta do cartucho
(Spodoptera frugiperda)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 800 L p.c./ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
100 mL p.c./100L 300 a 500 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Algodão Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Curuquerê
(Alabama argillacea)
800 a 1000 mL p.c./ha 200 a 300 L de calda/ha 10 a 20 L de calda/ha (aéreo) Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo cinco aplicações durante o ciclo da cultura. 14 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Helicoverpa
(Helicoverpa armigera)
800 a 1000 mL p.c./ha 200 a 300 L de calda/ha 10 a 20 L de calda/ha (aéreo) Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo cinco aplicações durante o ciclo da cultura. 14 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta da maçã
(Heliothis virescens)
800 a 1000 mL p.c./ha 200 a 300 L de calda/ha 10 a 20 L de calda/ha (aéreo) Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo cinco aplicações durante o ciclo da cultura. 14 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta do cartucho
(Spodoptera frugiperda)
800 a 1000 mL p.c./ha 200 a 300 L de calda/ha 10 a 20 L de calda/ha (aéreo) Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo cinco aplicações durante o ciclo da cultura. 14 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Batata Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Traça da batatinha
(Phthorimaea operculella)
800 a 1000 mL p.c./ha 400 a 500 L de calda/ha 10 a 20 L de calda/ha (aéreo) Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo cinco aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da pragarepetir
Brócolis Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca da couve
(Hellula phidilealis)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta da couve
(Ascia monuste orseis)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Traças das crucíferas
(Plutella xylostella)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L p.c./ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Trichoplusia
(Trichoplusia ni)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L p.c./ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Café Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca do café
(Hypothenemus hampei)
1500 a 2000 mL p.c./ha 200 a 400 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo duas aplicações durante o ciclo da cultura. 45 dias. Estágio de frutificação ou início da infestação da praga
Cana-de-açúcar Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Cupim
(Heterotermes tenuis)
800 a 1000 mL p.c./ha 200 L de calda/ha - Realizar uma aplicação. - Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Cupim
(Procornitermes triacifer)
800 a 1000 mL p.c./ha 200 L de calda/ha - Realizar uma aplicação. - Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Chicória Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta da couve
(Ascia monuste orseis)
100 mL p.c./100L 300 a 500 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta do cartucho
(Spodoptera frugiperda)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 800 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
100 mL p.c./100L 300 a 500 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Citros Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Bicho furão
(Ecdytolopha aurantiana)
80 a 100 mL p.c./ha 2000 L de calda/ha 10 a 20 L de calda/ha (aéreo) Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo três aplicações durante o ciclo da cultura. 7 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da pragarepetir
Couve Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta da couve
(Ascia monuste orseis)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. - Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Trichoplusia
(Trichoplusia ni)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Couve-chinesa Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca da couve
(Hellula phidilealis)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta da couve
(Ascia monuste orseis)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Traças das crucíferas
(Plutella xylostella)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Couve-de-bruxelas Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca da couve
(Hellula phidilealis)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta da couve
(Ascia monuste orseis)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Traças das crucíferas
(Plutella xylostella)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Couve-flor Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta do cartucho
(Spodoptera frugiperda)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Traças das crucíferas
(Plutella xylostella)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Espinafre Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
até 100 mL p.c./100L 300 a 500 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Trichoplusia
(Trichoplusia ni)
até 100 mL p.c./100L 300 a 500 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Maçã Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Mariposa oriental
(Grapholita molesta)
800 a 1000 mL p.c./ha 1000 L de calda/ha 10 a 20 L/ha Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo quatro aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Melancia Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta da espiga do milho
(Helicoverpa zea)
80 a 100 mL p.c./100L 800 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo cinco aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
80 a 100 mL p.c./100L 800 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo cinco aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Melão Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Broca dos frutos
(Diaphania nitidalis)
80 a 100 mL p.c./100L 800 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo cinco aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Milho Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Helicoverpa
(Helicoverpa armigera)
500 a 1000 mL p.c./ha 200 L de calda/ha 10 a 20 L de calda/ha (aéreo) Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo cinco aplicações durante o ciclo da cultura. 14 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta do cartucho
(Spodoptera frugiperda)
800 a 1000 mL p.c./ha 200 L de calda/ha 10 a 20 L de calda/ha (aéreo) Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo cinco aplicações durante o ciclo da cultura. 14 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Mostarda Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta da couve
(Ascia monuste orseis)
100 mL p.c./100L 300 a 500 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Repolho Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta do cartucho
(Spodoptera frugiperda)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
80 a 100 mL p.c./100L 300 a 600 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Traças das crucíferas
(Plutella xylostella)
até 100 mL p.c./100L 300 a 500 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Rúcula Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Lagarta da couve
(Ascia monuste orseis)
100 mL p.c./100L 300 a 500 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta rosca
(Agrotis ipsilon)
100 mL p.c./100L 300 a 500 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Trichoplusia
(Trichoplusia ni)
100 mL p.c./100L 300 a 500 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo seis aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Soja Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Helicoverpa
(Helicoverpa armigera)
800 a 100 mL p.c./ha 200 L de calda/ha 10 a 20 L de calda/ha (aéreo) Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo três aplicações durante o ciclo da cultura. 14 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta da soja
(Anticarsia gemmatalis)
800 a 1000 mL p.c./ha 200 L de calda/ha 10 a 20 L de calda/ha (aéreo) Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo três aplicações durante o ciclo da cultura. 14 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Lagarta-falsa-medideira
(Pseudoplusia includens)
800 a 1000 mL p.c./ha 200 L de calda/ha 10 a 20 L de calda/ha (aéreo) Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo três aplicações durante o ciclo da cultura. 14 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Tomate Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Helicoverpa
(Helicoverpa armigera)
800 a 1000 mL p.c./ha 1000 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo cinco aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Traça do tomateiro
(Tuta absoluta)
800 a 1000 mL p.c./ha 1000 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo cinco aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga
Uva Dosagem Calda Intervalo Época
Aplic
Terrestre Aérea Aplic Seg
Traça dos cachos
(Cryptoblades gnidiella)
60 a 100 mL p.c./100L 1000 L de calda/ha - Repetir a aplicação sempre que houver reinfestação, realizar no máximo três aplicações durante o ciclo da cultura. 3 dias. Iniciar as aplicações foliares no início da infestação da praga