Como está o milho no Brasil?
CI
Imagem: Nadia Borges
MERCADO

Como está o milho no Brasil?

Santa Catarina tem indicações somem diante de mercado pouco ofertado e dúvidas sobre qualidade
Por: -Leonardo Gottems

No estado do Rio Grande do Sul já se iniciou o plantio da safra de verão, enquanto os negócios estão parados, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “A comercialização praticamente passou despercebida aos olhos de produtores hoje no Estado, e movimentos de compradores são  em  torno  do  milho  importado.  Conforme divulgamos  ontem,  os  lotes  encontram-se  em  uma pedida  que  vai  de  R$  98,00  no  spot  com  pagamento  curtíssimo  –  haja  visto  que  alguns  produtores  precisam liberar espaço para o trigo que aí vem – e R$ 95,00 para setembro próximo. Indicações a R$ 98,00 em Itapejara e R$ 100,00 em Marau”, comenta. 

Santa Catarina tem indicações somem diante de mercado pouco ofertado e dúvidas sobre qualidade. “Em Xanxerê, indicações de R$ 98,00 no CIF diferido e R$  96,00  no  tributado.  Uma  indústria  não  fechou  2 mil toneladas no CIF por lá com preocupações sobre a  qualidade  do  milho  que  estava  sendo  oferecido. Em  Joaçaba  e  Chapecó,  a  indicação  foi  de  R$  95,00 no CIF mais impostos. Não houve reportes de negócios realizados”,  completa. 

Enquanto isso, problemas de qualidade preocupam no Paraná e as pedidas mantém-se acima dos R$ 100,00 por saca. “O  encerramento  de  semana  apresentou  um  dia bastante lento à comercialização. Os lotes parecem diminuir dia após dia, ao se renovarem altas nas bolsas. Em Toledo,  no  único  reporte  que  ouvimos,  um  lote  de  600  toneladas  foi  negociado  a  R$  100,00  com  pagamento antecipado.  Ademais,  indicações  a  R$  102,00  CIF  norte do  estado;  R$  98,00  nos  Campos  Gerais  e  R$  99,00  no sudoeste. Começam a “pingar” ofertas de março 2022, onde produtores pedem R$ 95,00, e indústrias indicam R$ 90,00 a saca”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.