Milho na B3: Cotações tem queda momentânea
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
VALORES

Milho na B3: Cotações tem queda momentânea

Em Chicago o milho fecha em queda, pressionada pelo clima favorável e nova exportação dos EUA
Por: -Leonardo Gottems

As cotações de milho têm queda momentânea na B3, mas a expectativa climática é de alta, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “As notícias a respeito das secas no sul do Brasil viraram manchete internacional em sites especializados que, dentre outras coisas, chegaram a cogitar a quebra de pelo menos 40% da safra verão, já que grandes estados produtores poderiam ser afetados”, comenta. 

O  site  FastMarkets,  do  Reino  Unido, comentou  em  sua  publicação  no  dia  de  hoje:  “Os trabalhos de plantio de verão do milho no  Centro-Sul do  Brasil  alcançaram  91%  da  área  estimada  semeada em 2 de dezembro, um avanço de 1 ponto percentual na semana e 3 pontos percentuais a menos no ano [...] Na  região  Centro-Sul  do  Brasil  o  milho  está  se desenvolvendo em boas condições climáticas”. 

Em Chicago o milho fecha em queda, pressionada pelo clima favorável e nova exportação dos EUA. “A  cotação  do  milho  para  março22 fechou em leve alta de 0,04% ou 0,25 cents/bushel a $ 584,25.  A  cotação  de  julho22,  importante  para  as exportações  brasileiras,  fechou  também  em  alta  de 0,13% ou $0,75cents/bushel a $ 586,50. As  compras  de  oportunidades  permitiram ligeiros  ganhos.  O  petróleo  ampliou  a  recuperação  e adicionou  suporte  aos  preços  do  milho.  O  mercado aguarda o USDA WASDE e o desenvolvimento da safra sul-americana está sendo acompanhado de perto”, completa. 

“A base média nacional de milho do cmdtyView  é  de  menos  13  centavos,  à  medida  que continua a se fortalecer dos -22 centavos da colheita e -20 centavos do ano passado. No leste do Cinturão do Milho, os dados do cmdtyView têm como  base média 18  3/4  centavos  abaixo,  enquanto  no  oeste  do Cinturão  as  ofertas  estão  em  média  12  centavos abaixo”, indica. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.