Soja: colheita do RS está muito abaixo dos anos anteriores
CI
Imagem: Divulgação
COTAÇÕES

Soja: colheita do RS está muito abaixo dos anos anteriores

Já em Santa Catarina saíram 600 toneladas à R$179,00
Por: -Leonardo Gottems

A colheita da soja no estado do Rio Grande do Sul atingiu 37%, contra 73% no ano anterior e 63% de média histórica, de acordo com informações da TF Agroeconômica, citando dados da Emater-RS. “Isto  torna  a  preocupação  dos  agricultores  focarem  na colheita,  ao  invés  da  comercialização,  o  que  explicaria os pequenos volumes repostados”, diz a consultoria. 

“Como dito anteriormente, a tendência do mercado era esfriar no decorrer da semana, ainda assim hoje foram vendidos cerca de 20 mil toneladas de soja, nada muito considerável. Mercado  futuro  para  2021:  R$  174,20  Entrega Imediata; R$ 173,50 abril; R$ 174,50 maio; R$ 176,50 junho; R$ 179,00 julho; R$ 179,50 agosto. Mercado futuro para 2022: R$ 157,00 março; R$ 157,20 abril; R$ 159,50 maio”, comenta. 

Já em Santa Catarina saíram 600 toneladas à R$179,00. “Os  preços  estão  altos,  mas  os  negócios  estão  muito  parados,  agora  quem  não  vendeu  vai  esperar  mais,  focar  no campo e observar os fretes. Os preços estavam entre R$171,50 e R$172,50 dependendo do momento e cerca de mil toneladas foram negociadas no menor preço. Ademais, o mercado permanece bastante frio”, completa. 

No Paraná tem negócios pontuais, com preços que caíram 1,15%. “Sabe-se que a soja paranaense não é muito impactada pelo mercado internacional, por isso os preços caíram mesmo com a alta de Chicago. Os  negócios  também  não  foram  muito  bem,  os contatos  indicaram  apenas  que  foram  pontuais,  mas sem especificar um volume. O movimento permanece focado no campo onde a colheita é finalizada. Espera-se  também  que  em  breve  o  mercado  se  movimente mais,  pois  com  o  fim  da  colheita  de  soja  e  milho  os fretes estão finalmente baixando”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink