Ferrugem

(Puccinia hordei)

Culturas Afetadas: Cevada, Lisianthus, Triticale

Esta doença ocorre em todas as regiões de cultivo da cevada no mundo, sendo particularmente importante em locais onde a cultura amadurece tardiamente, incidindo extensivamente e causando perdas significantes em áreas produtoras no oeste e meio-oeste dos Estados Unidos, no norte da África, Europa, Nova Zelândia, Austrália e em algumas partes da Ásia. No Brasil, este fungo tem maior severidade esporadicamente no estado do Paraná.

Danos: Formam-se pústulas circulares de coloração alaranjada nas folhas e na bainha, com produção de uredósporos elípticos, pouco equinados, amarelos ou alaranjados. Com a evolução da doença, as pústulas tornam-se escuras.

Controle: O uso de cultivares resistentes é a melhor medida de controle a ser usada, porém, entre os cultivares recomendados no Brasil, poucos apresentam um bom nível de resistência. A ferrugem da folha pode ser controlada com o uso de fungicidas foliares, registrados para a cultura.

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente
Mostrando 1 até 12 de 47