Sarna comum (Streptomyces scabies)

Sarna comum

(Streptomyces scabies)

Culturas Afetadas: Batata

Essa doença está presente em todas as áreas produtoras do mundo e causa depreciação do produto para o comércio, pois afeta seu aspecto externo, embora os tubérculos possam ser consumidos normalmente. A bactéria tem grande capacidade de sobrevivência saprofítica no solo e pode atacar também beterraba, cenoura, nabo, rabanete, repolho e salsa.

Danos: Sintomas podem ocorrer nas raízes, tubérculos, estolões e caule em contato com o solo, mas é nos tubérculos que ocorrem os sintomas mais importantes. A infecção do tubérculo pode iniciar-se através de ferimentos ou lenticelas. Inicialmente, verifica-se uma pequena elevação da cutícula que ao intensificar-se torna a superfície áspera e suberificada. As lesões têm de 5 a 10 mm e podem unir-se, possuindo coloração que varia de pardo-clara a escura. As lesões têm uma superfície irregular, podendo estar ligeiramente mais elevada que o tecido sadio, sintoma conhecido como sarna superficial, reticulada ou deprimida, que origina os sintomas da sarna profunda. Essas lesões contêm tecido suberificado e estruturas do patógeno. Nas raízes, caules e estolões, as lesões são semelhantes às apresentadas nos tubérculos. A parte aérea da planta não apresenta nenhum sintoma.

O patógeno desenvolve-se favoravelmente em solos com pH neutro ou ligeiramente alcalino. Não ocorre em solos com pH abaixo de 5,0. A baixa imunidade do solo, principalmente próximo da fase de tuberização/ação e desenvolvimento dos tubérculos, aumenta a infecção.

Controle: Para prevenir o aparecimento da sarna, várias medidas podem ser adotadas:

a) Rotação de culturas, preferencialmente com gramíneas;

b) Uso de sementes certificadas, com baixa porcentagem de tubérculos infectados;

c) Adubação nitrogenada na forma de sulfato de amônio, que promove a redução do pH no solo;

d) Plantio em solos com pH ao redor de 5;

e) Manutenção da umidade do solo elevada nos períodos de formação do tubérculo;

f) Redução ao máximo das oscilações de umidade do solo;

g) Uso de produtos registrados para a cultura.

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente