Confira o mercado brasileiro do milho
CI
Imagem: Marcel Oliveira
PREÇOS

Confira o mercado brasileiro do milho

Em Santa Catarina foram vistos negócios no Oeste a R$ 102,00 e R$ 104,00 em Campos Novos
Por: -Leonardo Gottems

No Rio Grande do Sul, o principal destaque é de que o ministério da Agricultura está monitorando as cigarrinhas do milho, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “A motivação para tal monitoramento veio depois de casos que surgiram nas regiões oeste e sudoeste, além de casos em lavouras no Paraná e em Santa Catarina. Na comercialização, um movimento ainda estanque perdura no Estado e são poucos os lotes disponíveis no mercado, todos acima dos R$ 100,00 a saca. As indicações, conforme relatamos, tiveram alta no dia de ontem, e hoje permanecem na faixa de R$ 100,00 para CIF Marau; Arroio do Meio a R$ 97,00 no junho e Tapejara R$ 98,00 no maio. Não ouvimos reportes de negócios”, comenta a consultoria. 

Em Santa Catarina foram vistos negócios no Oeste a R$ 102,00 e R$ 104,00 em Campos Novos, Lages, Rio do Sul. “No Oeste (Xanxerê) foram 1.000 toneladas, em Campos Novos de 500 toneladas e de Rio de Sul 300 toneladas. Vendedores buscavam acima dos R$ 100,00 a saca – em sua maioria lotes entre R$ 105,00 a R$ 110,00, salvo exceções. Negócios restritos e pontuais foram vistos no Estado, para pagamentos curtos, de acordo com a necessidade de caixa do produtor, mas nada que movimentasse maiores volumes”, completa. 

No Paraná, se registrou negócios de R$ 100,00 a R$ 105,00 nos Campos Gerais e Norte Central. “O vai-e-vem de indicações de tradings e cerealistas na safrinha, em que se tem percebido altas e baixas em um espaço curto de tempo, fornece uma boa ideia de como os negócios tem acontecido no Paraná. Ora lentos, por se tratarem dos maiores preços de milho a nível nacional; ora dinâmicos, pois no fundo o comprador sabe que não há muitas soluções além do que já está sendo visto”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink