Antracnose-do-guaraná (Colletotrichum guaranicola)
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,702 (-2,12%)
| Dólar (compra) R$ 5,40 (0,44%)

Antracnose-do-guaraná

(Colletotrichum guaranicola)

Culturas Afetadas: Guaraná

A antracnose do guaranazeiro é um dos fatores responsáveis pela baixa produtividade e decadência dos guaranazais no estado do Amazonas.

Danos: As plantas de guaranazeiro podem ser atacadas em qualquer estádio de seu desenvolvimento. Os sintomas característicos da doença são lesões necróticas nas folhas, de coloração marrom-avermelhada, desenvolvendo-se com maior predominância nos bordos, crestamento da margem foliar e, em casos de infecção severa, o secamento total da folha. Nas folhas jovens encontram-se, de forma frequente, deformações e enrolamento da lâmina foliar. Além disto, a doença pode causar a morte de ramos e atacar as inflorescências, causando redução da produção. A maior incidência da doença ocorre no período chuvoso.

Controle: Recomenda-se a adoção de práticas culturais, como inspeções dos guaranazais, limpeza das áreas de cultivo, poda de limpeza, eliminação de galhos e folhas secas e doentes, bem como o plantio de material resistente.

Recomenda-se o uso de produtos defensivos registrados para a cultura.

Fotos

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente