O conteúdo solicitado não foi encontrado

Antracnose

(Colletotrichum musae)

Culturas Afetadas: Banana

Colletotrichum musae é uma das doenças mais importantes da banana, depreciando seu valor comercial. A doença ocorre tanto nos frutos verdes quanto nos maduros. Todas as cultivares de banana de sobremesa são suscetíveis, porém há diferenças quanto à suscetibilidade.

Além dos frutos, C. musae ataca também as brácteas, flores, pecíolos e folhas. Ocorre em todos os países produtores de banana do mundo, existem registros de incidência na África do Sul, Austrália, Barbados, Brunei, Cuba, Estados Unidos, Haiti, Ilhas Virgens, Índia, Malaui, Papua-Nova Guiné, Porto Rico e Venezuela.

No Brasil, existem registros apenas no Distrito Federal, Fernando de Noronha, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo, mas acredita-se que, pelo caráter cosmopolita desse patógeno, encontre-se em todas as áreas produtoras de banana do país. É um patógeno específico do gênero Musae.

Danos: A doença caracteriza-se pela formação de lesões escuras e deprimidas sobre as quais, em condições de alta umidade, aparecem frutificações rosadas do fungo. Com o progresso da doença, as lesões aumentam de tamanho, podendo coalescer. Geralmente a polpa não é afetada, exceto em condições de altas temperaturas ou quando o ponto ótimo de maturação é ultrapassado.

Controle: Os modernos sistemas de embalagem e transporte em condições refrigeradas têm contribuído decisivamente para a redução dos problemas com C. musae. As medidas de controle da doença, no entanto, devem ter início no campo, fazendo-se a eliminação de folhas velhas, brácteas e restos florais, que são locais onde o fungo se mantém no campo, funcionando como repositório do patógeno. Outras práticas devem incluir:

1) cobertura do cacho com saco de polietileno perfurado, preferencialmente antes da abertura das pencas;

2) limpeza e desinfestação dos tanque de despencamento e lavagem após o uso;

3) renovação periódica da água do tanque, para evitar a lavagem dos frutos em altas concentrações de inóculo;

4) imersão ou pulverização dos frutos com fungicidas, registrados para a cultura.

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente