Pulgão preto dos citros (Toxoptera citricida)
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,650 (0,50%)
| Dólar (compra) R$ 5,55 (0,67%)

Pulgão preto dos citros

Pulgão preto (Toxoptera citricida)

Culturas Afetadas: Citros, Citros (Viveiro)

Sinônimos: Aphis citricidus, Aphis tavaresi, Aphis tavaresi argentinensis, Myzus citricidus, Paratoxoptera argentinensis e Toxoptera citricidus

São pulgões que se caracterizam por viver em colônias, associados a formigas, que se alimentam do líquido que secretam. A maior infestação destes insetos ocorre principalmente em períodos de seca prolongada.

Danos - Os maiores danos são provocados em plantas jovens, atacando os brotos terminais, folhas em desenvolvimento e os botões florais. Nas brotações novas o inseto pode ocorrer em grandes colônias, ocasionando o encarquilhamento das folhas, como também o aparecimento da "fumagina".

Controle - O controle químico só deve ser usado em casos extremos, quando o ataque é intenso e generalizado e quando o número de inimigos naturais é reduzido. A pulverização deve ser efetuada quando os adultos estão presentes nas brotação. Utilizar os mesmos inseticidas recomendados para cochonilhas e minador das folhas.

O controle biológico é realizado por predadores, como as joaninhas, que tanto na fase de larva como na adulta alimenta-se dos pulgões. Dentre os parasitóides, as vespas Aphidius sp. são muito freqüentes.

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente
Mostrando 1 até 12 de 19