O conteúdo solicitado não foi encontrado

Tombamento

Podridão do colo (Pythium aphanidermatum)

Culturas Afetadas: Citros, Milho, Rúcula, Sorgo

Pythium aphanidermatum causa a podridão do colo e tombamento de plântulas de diversas culturas. Este patógeno é considerado um parasita não especializado, possuindo um grande número de hospedeiras, dentre os quais plantas de importância econômica como os citros, o sorgo, o melão e o milho. Em condições favoráveis, pode causar severos prejuízos.

Danos: Esta doença caracteriza-se pela ocorrência de podridão aquosa na região do colo e das raízes, principalmente em mudas na fase de enraizamento. A doença pode ocorrer nas fases de pré e pós-emergência. O fungo provoca lesões escuras e deprimidas, que se desenvolvem rapidamente em condições de umidade e temperaturas elevadas, causando a morte das plântulas. A infecção também pode ocorrer nas sementes, comprometendo as sementeiras.

Controle: A prática recomendado para controle de podridão de colmo causada por Pythium é o uso de cultivares resistentes.

As principais medidas de controle culturais a serem tomadas são a drenagem do solo e o manejo adequado da água de irrigação. A rotação de cultura é uma medida questionável, devido ao fato de se tratar de um patógeno de solo que possui um grande número de espécies hospedeiras e poder ocorrer como saprófita.

O tratamento das sementes com o uso de fungicida é recomendado.

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente