Bula Siber

CI
Imidacloprido
5311
Bayer

Composição

Imidacloprido 600 g/L

Classificação

Tratamento de Sementes
Inseticida
3 - Produto Moderadamente Tóxico
III - Produto perigoso
Não inflamável
Corrosivo
Suspensão Concentrada para Tratamento de Sementes (FS)
Sistêmico

Algodão

Dosagem Calda Terrestre
Aphis gossypii (Pulgão do algodoeiro) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Frankliniella schultzei (Tripes) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Syntermes molestus (Cupim de montículo) ( veja aqui ) ( veja aqui )

Amendoim

Calda Terrestre Dosagem
Enneothrips flavens (Tripes do bronzeamento) ( veja aqui ) ( veja aqui )

Arroz

Dosagem Calda Terrestre
Oryzophagus oryzae (Bicheira da raiz do arroz) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Procornitermes triacifer (Cupim) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Syntermes molestus (Cupim de montículo) ( veja aqui ) ( veja aqui )

Aveia

Dosagem Calda Terrestre
Diloboderus abderus (Larva pão de galinha) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Metopolophium dirhodum (Pulgão das folhas) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Rhopalosiphum graminum (Pulgão verde dos cereais) ( veja aqui ) ( veja aqui )

Cevada

Calda Terrestre Dosagem
Diloboderus abderus (Larva pão de galinha) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Metopolophium dirhodum (Pulgão das folhas) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Rhopalosiphum graminum (Pulgão verde dos cereais) ( veja aqui ) ( veja aqui )

Feijão

Dosagem Calda Terrestre
Aphis craccivora (Pulgão) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Bemisia tabaci (Mosca branca) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Bemisia tabaci raça B (Mosca branca) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Diabrotica speciosa (Vaquinha verde amarela) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Empoasca kraemeri (Cigarrinha verde) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Thrips tabaci (Tripes do fumo) ( veja aqui ) ( veja aqui )

Milho

Calda Terrestre Dosagem
Dalbulus maidis (Cigarrinha do milho) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Deois flavopicta (Cigarrinha das pastagens) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Dichelops furcatus (Percevejo barriga verde) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Frankliniella williamsi (Tripes) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Procornitermes triacifer (Cupim) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Rhopalosiphum maidis (Pulgão) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Syntermes molestus (Cupim de montículo) ( veja aqui ) ( veja aqui )

Soja

Dosagem Calda Terrestre
Phyllophaga cuyabana (Coró da soja) ( veja aqui ) ( veja aqui )

Trigo

Dosagem Calda Terrestre
Dichelops melacanthus (Percevejo barriga verde) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Diloboderus abderus (Larva pão de galinha) ( veja aqui ) ( veja aqui )
Rhopalosiphum graminum (Pulgão verde dos cereais) ( veja aqui ) ( veja aqui )

Frascos de polietileno: 0,25, 0,5 e 1,0 Litros.

Bombonas de polietileno: 5 e 20 Litros.

Tambores de polietileno:100, 200, 500 e 1000 Litros.

NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO

Uso exclusivo para o tratamento de sementes. Realizar no máximo 01 aplicação.

MODO DE APLICAÇÃO

O tratamento de sementes pode ser efetuado em tambores rotativos ou em máquinas específicas. O tratamento é feito via úmida, diluindo-se a dose recomendada do inseticida em um volume que não exceda 500 ml de água por 100 kg de sementes. No caso particular dos tambores rotativos, proceder a mistura durante 3 minutos, para que ocorra uma perfeita uniformização do inseticida sobre a superfície das sementes. As sementes tratadas deverão ser semeadas em solo úmido que garanta germinação e emergência uniforme. Obedecer as recomendações oficiais de profundidade de semeadura.

INTERVALO DE SEGURANÇA

Não determinado, por referir-se a tratamento de sementes.

INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E ÁREAS TRATADAS

Como a finalidade do produto é tratamento de sementes, não há restrições quanto à reentrada de pessoas em lavouras oriundas de sementes tratadas.

LIMITAÇÕES DE USO

Os usos do produto estão restritos aos indicados no rótulo e bula.
Quando este produto for utilizado nas doses recomendadas, não causará danos às culturas indicadas. O tratamento deverá ser efetuado em local arejado e específico para esse fim. Utilizar somente sementes limpas (livres de poeira e impurezas) e de boa qualidade (alto poder germinativo e bom vigor). Sementes tratadas não podem ser utilizadas para alimentação humana ou animal. Não deixar sementes tratadas expostas sobre o solo.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pela Saúde Humana – ANVISA/MS.

De acordo com as recomendações aprovadas pelo órgão responsável pelo Meio Ambiente – IBAMA/MMA.

Incluir outros métodos de controle de insetos (ex. Controle Cultural, Biológico, etc.) dentro do programa de Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponível e apropriado.

Qualquer agente de controle de inseto pode ficar menos efetivo ao longo do tempo se o inseto-alvo desenvolver algum mecanismo de resistência. Implementando as seguintes estratégias de manejo de resistência a inseticidas (MRI) poderíamos prolongar a vida útil dos inseticidas.
- Qualquer produto para controle de inseto da mesma classe ou modo de ação não deve ser utilizado em gerações consecutivas da mesma praga.
- Utilizar somente as doses recomendadas na bula.
- Sempre consultar um Engenheiro Agrônomo para direcionamento sobre as recomendações locais para o MRI.

Pouco corrosivo a ferro e latão.




Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.