O conteúdo solicitado não foi encontrado

Mancha das glumas

Septoriose da gluma (Stagonospora nodorum)

Culturas Afetadas: Trigo

sinônimo: Leptosphaeria nodorum.

É uma doença importante, principalmente na Região Sul do país. O trigo e a cevada também são hospedeiros desse fungo.

Danos: Os sintomas são visualizados inicialmente nas folhas inferiores na forma de pequenas manchas cloróticas, levemente aquosas, que posteriormente expandem-se, ficando elípticas. Com a evolução da doença, as lesões tornam-se secas, amareladas e finalmente pardas. Sobre as lesões podem ser observados os picnídios do fungo, visíveis a olho nu. As manchas podem coalescer, tomando grandes áreas da folha e causando a morte da mesma.

Os nós infectados adquirem coloração escura, apresentando pontuações salpicadas, resultantes do desenvolvimento de inúmeros picnídios do fungo. Em alguns casos, pode ocorrer o estrangulamento do nó, que se torna quebradiço.

O fungo causa necrose de coloração escura a violácea a partir da ponta até a metade das glumas. Picnídios podem ser vistos a olho nu sobre os tecidos infectados.

Controle: A realização de rotação de cultura é uma medida eficiente para o controle da doença.

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente
Mostrando 1 até 12 de 50